Abertura de Impeachment da presidente Dilma é votada no Senado

A sessão foi dividida em três blocos:De manhã, das 9h às 12h; à tarde, das 13h às 18h; e à noite, de 19h em diante. Acompanhe ao vivo, aqui pelo Guiame.

Fonte: GuiameAtualizado: quinta-feira, 12 de maio de 2016 16:28
Senado durante sessão plenária, dirigida pelo presidente da Casa, Renan Calheiros. (Foto: Exame)
Senado durante sessão plenária, dirigida pelo presidente da Casa, Renan Calheiros. (Foto: Exame)

Após ser votado na Câmara e também aprovado pela Comissão Especial do Impeachment, o relatório favorável à admissibilidade do afastamento da presidente Dilma Rousseff será votado nesta quarta-feira (11). A sessão terá um andamento parecido com a sessão do dia 17 de abril.

Para aprovação do relatório, de autoria do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), é necessário que a maioria simples - metade mais um - esteja presente, ou seja 41 dos 81 senadores. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), só votaria em caso de empate.


Regras

Conforme o presidente do Senado informou, os microfones serão desligados assim que o tempo de 15 minutos - reservados a cada senador inscrito para se pronunciar - estiver esgotado. Quando estiverem restando dois minutos, um alerta será dado.

A sessão foi dividida em três blocos: De manhã, das 9h às 12h; à tarde, das 13h às 18h; e à noite, de 19h em diante.

Apesar do cronograma anunciado com antecedência por Renan Calheiros, a sessão teve início com um atraso de pouco mais de uma hora.

"Susto"
Na última segunda-feira (9), o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão anulou a votação do dia 17 de abril - que aprovou a admissibilidade do impeachment.

Porém, ainda na madrugada para o dia seguinte, Waldir voltou atrás em sua decisão. As duas decisões seguidas geraram tumulto e até mesmo pedido de afastamento do novo presidente da Câmara.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições