Brasil vive "crise espiritual", diz Roberto de Lucena em discurso a favor do impeachment

Durante o seu discurso, o parlamentar apontou para os descaminhos que o Governo Federal adotou, evidenciando uma crise política, moral e até mesmo espiritual.

Fonte: GuiameAtualizado: sábado, 16 de abril de 2016 15:52
Roberto de Lucena é pastor da Igreja O Brasil para Cristo, deputado federal pelo PV / SP e integrante da Frente Parlamentar Evangélica. (Foto: Divulgação)
Roberto de Lucena é pastor da Igreja O Brasil para Cristo, deputado federal pelo PV / SP e integrante da Frente Parlamentar Evangélica. (Foto: Divulgação)

Com discursos que avançaram noite a dentro e continuam neste sábado, parlamentares de têm subido ao Plenário da Câmara para antecipar à votação do próximo domingo e expor publicamente seus posicionamentos / votos sobre a admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff. Na manhã deste sábado, o deputado federal e membro da Frente Parlamentar Evangélica, Roberto de Lucena (PV - SP) fez o seu pronunciamento favorável ao afastamento da presidente.

Durante o seu discurso, Lucena apontou para os descaminhos que o Governo Federal adotou, evidenciando uma crise política, moral e atém mesmo espiritual.

"Ao longo dos últimos anos, o Brasil tem feito escolhas que têm se revelado equivocadas. Foram esses caminhos escolhidos que nos colocaram diante de um abismo estarrecedor e suscetíveis à tempestade sem precedentes que nos envolve", disse.

"Não estamos diante apenas de uma crise de governo. Trata-se de uma crise de modelo. Chegamos à exaustão do modelo de representatividade política e a sociedade não identifica um nome ou projeto político capaz de ser o elemento catalizador, onde se sinta segura para depositar novamente as suas expectativas. Fosse essa uma crise de governo e a solução seria mais simples: Seria apenas trocarmos o comando do governo, mas não é apenas isso. É uma crise de confiança, estabelecida em decorrência da incoerência entre a prédica do discurso político e a prática".

Falando sobre a crise que o país vive também na área espriritual, o deputado, que também é pastor e líder da Igreja O Brasil para Cristo apontou a displicência do Governo com relação a questões sociais e internacionais relevantes, como o aborto, o infanticídio indígena e a falta de apoio a nações, como Israel.

"É uma crise espiritual, formulada pela quebra de princípios, pela relativização de valores, pelo derramamento de sangue inocente de milhões de crianças abortadas neste país e das centenas de crianças indígenas mortas a cada ano, vítimas do silêncio desta Casa e do Governo Federal. É também porque o Brasil, com sua representação maior, virou as costas para Israel. Fazendo isso, desprezou as bênçãos advindas desta relação: 'abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei aquele que te amaldiçoar. Em ti serão benditas todas as família da Terra", alertou.

Clique no vídeo abaixo para assistir ao discurso completo:

A votação oficial na Câmara Federal pela abertura do processo de impeachment está programada para acontecer neste domingo (17), a partir das 14h.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições