Magno Malta: "O Código Penal Brasileiro tem que definir o que é homofobia"

Sua convocação consistiu em pedir que os cidadãos entrem e contato com os senadores de seus Estados, para que estes defendam os direitos da Família, durante a votação do Novo Código Penal Brasileiro.

Fonte: guiame.com.brAtualizado: sexta-feira, 12 de dezembro de 2014 14:54
Magno Malta: "O Código Penal Brasileiro tem que definir o que é homofobia"
Magno Malta: "O Código Penal Brasileiro tem que definir o que é homofobia"

Magno Malta: "O Código Penal Brasileiro tem que definir o que é homofobia"Um novo vídeo gravado pelo senador Magno Malta (PR) tem circulado as redes sociais desde a última quinta-feira, 11/12. Em pouco mais de dois minutos, ele convoca a todos para ficarem atentos e se manifestarem contra certos pontos do Projeto de Lei que irá reformar o Código Penal Brasileiro.

Segundo ele, a senadora Marta Suplicy (PT) chegou a procurar o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) - relator da proposta na CCJ do Senado - "para que ele pudesse acatar às emendas por ela defendidas, colocando no Código Penal, tudo aquilo que nós temos lutado contra".

"Ela está no direito dela de defender o que acredita e nós no nosso direito de fazer a nossa defesa daquilo que nós entendemos como valores de família", disse Magno Malta.

Sua convocação consistiu em pedir que os cidadãos entrem e contato com os senadores de seus Estados, para que estes defendam os direitos da Família.

"Quero convocar a todos vocês, que estão nas redes sociais: cada Estado tem três senadores. Entrem em contato com os senadores de seus Estados, para que no Plenário, os destaques que têm que ser feitos, qualquer um deles, que afronte ou atente contra os princípios da Família, que este senadores estejam unidos em nome de suas famílias, para derrubarmos tudo isso", pediu.

Magno Malta ainda destacou que não irá se intimidar diante da situação que pode ganhar o caráter de uma "guerra" e pediu que o povo esteja unido neste momento.

"O meu trabalho, eu estou fazendo aqui e vou fazer. Sei que nós teremos uma guerra no plenário, mas eu fui talhado para guerra, eu fui preparado para a guerra e não fujo dela. Sei quem me chamou e para quê me chamou. Onde Ele me colocou e para quê. Pelos meus valores e princípios, certamente vou lutar feito um guerreiro. É uma luta de todos nós", declarou.

"Homofobia"
No vídeo, o senador também criticou a forma como a homofobia tem sido tratada, atualmente. Segundo ele, ainda não há uma definição que de fato caracteriza o ato como crime.

"No máximo, o Código Penal Brasileiro tem que dizer o que é homofobia. Tem que tipificar a homofobia. Essa história de generalizar e banalizar essa palavra como tem sido feito é uma brincadeira. Quem é o homofóbico? Aquele quer humilhar, quer matar? Esse sim! Mas nenhuma destas características faz parte de nós, que somos cristãos. Por isso, reaja! Convoco a todos vocês e eu estarei no Plenário, em nome da família Brasileira. Que Deus nos ajude", finalizou.

Caso queira conferir o vídeo, logo abaixo:

Por João neto - www.guiame.com.br 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições