Satanistas tentam impedir protesto anti-aborto e cristã responde: "Eles precisam de oração"

Vestidos de "bebês sadomasoquistas", os integrantes do grupo satanista afirmaram que tinham o objetivo de representar "erotismo e imagens poderosas como uma ferramenta para comunicar idéias complexas".

Fonte: Guiame, com informações do The BlazeAtualizado: quarta-feira, 27 de abril de 2016 16:14
O protesto foi realizado por satanistas que se vestiram de "bebês sadomasoquistas". (Imagem: Youtube)
O protesto foi realizado por satanistas que se vestiram de "bebês sadomasoquistas". (Imagem: Youtube)

Satanistas em Michigan (EUA) decidiram interromper vários protestos pró-vida contra as clínicas da rede abortista 'Planned Parenthood' no último sábado (23).

A '#ProtestPP' ('#ProtestoContraPlannedParenthood') - uma coalizão de grupos estaduais pró-vida - realizou a sua primeira manifestação nacional anual em frente às instalações da 'Planned Parenthood' no último fim de semana.

A mesma coalizão realizou protestos no ano passado, após a divulgação de vídeos secretos pelo Centro para o Progresso Médico, que levantou alegações de que a 'Planned Parenthood' está envolvida no comércio ilegal de partes dos corpo de bebês abortados. A 'Planned Parenthood' negou que haja irregularidades.

Em um comunicado de imprensa, o Templo Satânico de Detroit, chamou as acusações contra a Planned Parenthood "de uma história fictícia fabricada", que as organizações pró-vida estão usando para "impor as opiniões morais de alguns sobre uma comunidade diversificada".

O grupo acrescentou que eles iriam encenar um 'cotra-protesto", em apoio à Planned Parenthood, usando fantasias de "Bebês Sadomasoquistas", transmitindo "erotismo e imagens poderosas como uma ferramenta para comunicar idéias complexas".

Os satanistas se vestiram como bebês que usavam máscaras e fraldas. Eles também usavam chicotes, mamadeiras e pulverizavam talco.

A organização pró-vida registrou e postou um vídeo do incidente em Detroit, no YouTube.

A descrição do vídeo disse que o 'contra-protesto' foi um "bizarro e hediondo teatro de rua, com aparência grotesca e simbolismos dispersos".

"A 'Planned Parenthood' deveria estar muito envergonhada de ter estes tipos de pessoas defendendo sua organização. Obviamente satanistas estão do lado da morte de crianças que ainda não nasceram", acrescentou o grupo pró-vida.

Clique no vídeo abaixo para conferir imagens do incidente em Detroit:


Reação e oração
Os satanistas também protagonizaram um contra-protesto com o mesmo tipo de encenação em Ferndale, Michigan (EUA).

Barb Yagley, uma das três organizadoras do evento '#ProtestPP' em Ferndale, disse ao site norte-americano 'The Blaze', que quando os satanistas começaram sua "encenação", seu grupo evitou um possível confronto e "se afastou deles para orar".

"Não nos sentimos de fato ameaçados por eles", disse Yagley. "Nós simplesmente sentimos que eles precisavam de oração".

Yagley disse que as pessoas que participavam do contra-protesto estavam lá "para profanar religiões e zombar do movimento pró-vida", considerando que um dos satanistas estava vestido como um padre católico.

"O sacerdote satânico estava lá, ao mesmo junto de um 'sacerdote católico', com a Eucaristia", disse Yagley.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições