Ana Paula Valadão agradece por orações de fãs

Ana Paula Valadão agradece por orações de fãs

Atualizado: Quarta-feira, 28 Abril de 2010 as 12

O choque cultural é algo que está presente no história de muitos cantores, pastores e missionários quando estes precisam passar uma temporada em outros países - geralmente por motivos ministeriais. A líder do Ministério Diante do Trono, Ana Paula Valadão relatou que tem vivido esse ''fenômeno'' nos últimos tempos - devido ao fato de morar em Dallas (EUA) e também por viajar para países da Europa e às vezes voltar para o Brasil, geralmente acompanhada do grupo musical.

Em um post feito em seu blog oficial, na última segunda, 26, Ana Paula ''desabafou'' sobre o choque cultural e decidiu não prolongar o assunto, mas pediu orações a todos os que acompanham o seu ministério e acessam a sua página pessoal.

No dia seguinte (27/04) a líder se mostrou confortada com o carinho de pessoas que lhe mandaram emails de encorajamento e afirmou que sentiu que pessoas já estavam orando por ela, pois começou a se sentir aliviada na noite da própria segunda-feira.

Confira na íntegra o da última terça-feira, 27 feito por Ana Paula Valadão em seu blog oficial:

Por que estás abatida, ó minha alma?

Ei gente,

Ontem à tarde, logo depois que escrevi para o Blog, comentei com o Gustavo que as pessoas já deviam estar orando por mim, pois comecei a sentir um alívio, uma alegria enchendo o meu coração. Aleluia.

À noite, depois de colocar os meninos para dormir, li alguns e-mails e fui muito encorajada pelas palavras que as pessoas me escreveram. Uma delas, foi um e-mail do mês de Março, mas que foi perfeito para mim naquele exato momento. Percebi o próprio Senhor falando comigo, um recado do coração de Deus para mim que ficou esperando o momento certo para ser lido.

Também li uma apostila que uns pastores me enviaram sobre Barretos, e fiquei muito impactada ao perceber que alguns dos meus sentimentos e pensamentos podem realmente ser resultado de um ataque do maligno por causa do grande propósito que temos vivido no Brasil e entre as nações do mundo. Às vezes parece que me distraio, não discernindo bem a batalha, e o Senhor, misericordioso, veio me lembrar de que são tempos de guerra esses que vivemos.

Algumas sugestões do estudo foram a consagração com jejuns, buscar ajuda com os irmãos, proclamar com os meus lábios a Palavra de Deus, louvar, e rejeitar verbalmente os pensamentos que o inimigo lança em minha mente. Foi bom ouvir Deus tão carinhosamente falando comigo, naquele mesmo lugar onde pela manhã eu chorei clamando por Seu socorro. E Ele me atendeu, e mostrou que está comigo. Aleluia.

Hoje pela manhã o Salmo 42 falou ao meu coração. O salmista pergunta à sua própria alma: ''Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda O louvarei. A Ele, meu auxílio e Deus meu''. E assim eu creio que o Senhor tem tocado o meu coração com Sua esperança. Espera em Deus...

Outra coisa linda que aconteceu foi que uma situação muito chata com a nossa conta no banco aqui foi resolvida hoje, depois de 2 meses! Como Deus me consolou com esta vitória! E ao mesmo tempo, recebemos várias notícias difíceis do Brasil, o que me fez lembrar de que nosso tempo aqui também é de descanso das tantas tensões do dia a dia ministerial na nossa nação. Às vezes, pela saudade, as lembranças são só as boas, e nos esquecemos de que Deus também tem um propósito de nos renovar dos tantos desgastes que vivemos. Foi uma boa sacudida a que levei, me fazendo valorizar este tempo fora de algumas responsabilidades que tínhamos antes.

Mas também queria compartilhar algo mais. Um dos e-mails que li foi da Fernanda Brum, e recomendo a todos que acessem o seu blog e leiam o texto que ela escreveu, ''Sobrevivi''. É muito forte e tem um video que vai mexer com todos nós. É tempo de despertarmos mesmo. E fiquei feliz porque este fim de semana, no dia 1o de Maio, estarei em São Gonçalo, no RJ, onde levantaremos uma clamor a Deus pela nossa Terra.

Bem, obrigada a todos os que tem orado por mim e pela minha família. O Senhor é bom e tem respondido e alcançado os nossos corações. E até mais, em São Gonçalo, no Rio!

veja também