Ana Paula Valadão recebe conselho de indiana nos EUA

Ana Paula Valadão recebe conselho de indiana nos EUA

Atualizado: Quarta-feira, 18 Novembro de 2009 as 12

Após refletir sobre sua estadia em Dallas, Estados Unidos, onde está desde agosto num campo missionário com a família, Ana Paula Valadão divulgou em seu blog o conselho que recebeu de uma indiana, que revelou inclusive o significado de seu nome - "perfume suave ao Senhor".

"Ouvi atentamente enquanto ela me dizia para aproveitar cada instante, porque passa muito rápido. Assim como um prato de comida é colocado em nossa frente, e precisamos escolher comê-lo ou não, posso fazer a escolha certa e receber este tempo de Deus. Não posso rejeitá-lo", disse a líder do Diante do Trono.  

Ana Paula ainda falou sobre as prioridades, que com a correria do dia-adia acabam sendo substituídas. "Deus e a família vão sendo deixados de lado. Até nos 'encontramos' dentro de casa, mas muitas vezes são tão breves momentos, sem profundidade e intimidade. As responsabilidades são cumpridas, mas o relacionamento é raso, tanto com Deus quanto com as pessoas".

Confira:

Mulheres mais velhas...

Esses dias tive a oportunidade de receber sabedoria e conselho de algumas mulheres mais velhas. O tempo com a Ezenete foi muito importante. Assim como a Palavra diz em Timóteo, é um ministério maravilhoso que as mulheres mais velhas devem realizar, o de instruir as mais novas com sua sabedoria.

Esta tarde eu estava conversando com outra irmã sábia, uma querida indiana, e o significado do seu nome é "perfume suave ao Senhor". Ela já era minha conhecida porque juntamente com seu esposo e filhos ela servia na Casa de Oração em Jerusalém, onde tenho participado há vários anos do Congresso de Oração para todas as nações. Agora esta família preciosa está estudando no CFNI, e nos encontramos aqui, no play ground com as crianças, e foi uma deliciosa surpresa este reencontro!

Bem, estávamos compartilhando sobre como este novo tempo é especial. Ouvi atentamente enquanto ela me dizia para aproveitar cada instante, porque passa muito rápido. Assim como um prato de comida é colocado em nossa frente, e precisamos escolher comê-lo ou não, posso fazer a escolha certa e receber este tempo de Deus. Não posso rejeitá-lo. E realmente passa rápido! Já estamos quase terminando o mês de Novembro! Este semestre do curso do Gustavo já está quase no fim!

Ela também me falou sobre duas estratégias do inimigo. Primeiro ele tenta nos parar pela frente. Tenta nos intimidar e impedir de agir. Mas, quando vencemos, pelo poder do nome de Jesus e de Seu sangue, e conseguimos romper e nos mover, vem a segunda tentativa de Satanás. Ele tenta nos empurrar por trás para que nos movamos rápido, sem parar, sem trégua. É a tentação do ativismo no próprio ministério, na Obra de Deus, ou em tantas atividades de nossas vidas.

Pouco a pouco entramos em um ritmo acelerado e vamos perdendo nossas prioridades. Deus e a família vão sendo deixados de lado. Até nos "encontramos" dentro de casa, mas muitas vezes são tão breves momentos, sem profundidade e intimidade. As responsabilidades são cumpridas, mas o relacionamento é raso, tanto com Deus quanto com as pessoas.

Para nossos filhos não há substitutos. Somos os únicos pais que eles podem ter. Preparar é melhor do que reparar. E as investidas do inferno hoje estão cada vez mais ousadas. Antigamente, para ter nosso caráter contaminado precisávamos sair, ir a algum lugar, mas hoje, um clique errado no computador pode sujar as mentes dos nossos filhos.

Para o casamento este tempo de pausa também tem sido importante, pois nunca ficamos tão juntos! Estamos descobrindo o relacionamento de novo! Como um depósito de Deus em nosso interior estamos recebendo algo que nos fortalecerá para o futuro. Brechas vão sendo fechadas e curadas, pois só o Pai sabe os desafios que viveremos servindo ao Senhor daqui para frente.

Espero que estes conselhos que recebi sirvam para abençoar e edificar de alguma maneira. Mesmo que muitos de vocês não estejam como nós, fora do contexto do dia a dia corrido do Brasil (ainda que vivamos outras correrias!), sei que os princípios podem ser aplicados a todos. Que as prioridades sejam recolocadas em seus devidos lugares em cada um de nós. Que os relacionamentos, com Deus, com a família, com as pessoas, sejam fortalecidos.

Que preciosa conversa com a irmã indiana. Que nossas vidas e famílias sejam como seu nome diz: um cheiro suave ao Senhor...

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também