André Valadão fala sobre o disco de ouro pelo CD Aliança

André Valadão fala sobre o disco de ouro pelo CD Aliança

Atualizado: Quinta-feira, 22 Dezembro de 2011 as 10:37

André Valadão é cantor e pastor voluntário na Igreja Batista da Lagoinha há 11 anos, onde dirige uma reunião todas as terças-feiras, com público médio de seis mil pessoas. Há sete anos está em carreira solo, com mais de 1,5milhão de CDs vendidos e mais de 200mil DVDs.

Na última terça-feira (20/12), André Valadão recebeu Disco de Ouro pelas 50 mil cópias vendidas do CD Aliança. A entrega foi realizada na ocasião em que o cantor lançou o novo álbum na Igreja Batista da Lagoinha – sua igreja local – em Belo Horizonte (MG).

A data que já seria especial tanto pelo lançamento do CD Aliança, quanto pelo aniversário de 54 anos da Igreja Batista da Lagoinha, reservou uma surpresa especial para o cantor e pastor André Valadão, o Disco de Ouro. “Realmente não esperava e não tinha ideia que já tínhamos superado esta marca. Deus realmente tem nos surpreendido em cada detalhe deste disco”, detalha André.

A reunião contou com a presença do pastor Márcio Valadão, pastor presidente de Lagoinha, e também pai do cantor, que orou abençoando tanto a igreja em toda a sua abrangência pelo seu aniversário como também pelo novo disco de André, agora “ouro”. Na reunião, André ministrou canções do “Aliança” e também compartilhou sobre a intensa agenda que vem cumprindo com sua banda nos últimos meses pelo Brasil. “Hoje estamos aqui lançando o CD com a minha banda, que é minha família. Temos viajado juntos para tantos lugares e é muito bom estar aqui com todos eles apresentando este novo trabalho para vocês”.

De acordo com Nelson Tristão, diretor da OniMusic, responsável pela distribuição do “Aliança”, o CD vendeu 50 mil cópias em apenas dois dias. Para o produtor do CD Ruben di Souza, que também marcou presença no lançamento, só há o que agradecer a Deus por este projeto. “Em pensar que venderam 50 mil cópias e já se esgotaram e que uma nova remessa está chegando é benção demais”.

Confira abaixo nossa entrevista exclusiva.

Supergospel - Você está lançando seu décimo CD da carreira. O que pode nos falar sobre a temática do seu novo álbum, intitulado Aliança? Aliança é o projeto mais importante até hoje na minha carreira. Tudo nele tem uma realidade muito especial. É um disco temático, formatado para falar e realmente pensarmos sobre a nossa Aliança com Deus e a realidade da Aliança de Deus para conosco. Depois de nove projetos tão especiais, chegou um tempo de mais maturidade, solidez e direção sobre o que ministrar nestes dias em nossa geração.

Supergospel - Seu primeiro álbum foi lançado em 2004, embora desde 1998 você já cantasse no Diante do Trono. Todo esse tempo foi marcado por vários estilos de canções que você cantou. O que podemos esperar em termos de música (letra e arranjos) desse novo álbum? Ele continua na pegada de sempre, pop, alegre, congregacional e ao vivo! Os arranjos e canções foram todos elaborados com muito cuidado, quis trazer neste CD um enredo, uma caminhada na adoração do começo ao fim. O disco vai evoluindo a medida das canções e as ministrações espontâneas não poderiam faltar nos momentos que Deus me guiou. Supergospel - Pela primeira vez em sua carreira você grava um álbum independente, sem gravadora. Quais os pontos positivos e negativos de se gravar de forma independente - poucos são os cantores que fazem desta forma, sem uma gravadora? Sim, uma pessoa que muito me convenceu a fazer o mesmo foi o Fernandinho, que por cinco anos está na distribuidora Oni Music, tem sido bem sucedido e me convenceu a trilhar este caminho. Estou feliz. O que se pode ter de positivo são muitas coisas, desde a liberdade, a prioridade do seu projeto e a condição de cuidar de tudo que diz respeito a ele. O que tem de negativo, hum… acho que o custo, mas com o decorrer do projeto isso se torna irrelevante.

Supergospel - Em 2011, Mariana Valadão gravou seu álbum pela primeira vez na Igreja Batista da Lagoinha. O seu novo álbum é o primeiro de sua carreira a ser gravado também no templo da IBL. Porque, desta vez, você decidiu gravar em sua igreja? Qual a importância que ela tem, não só para você, mas também para seu ministério? Exatamente! Gravei na IBL porque foi ali que tudo começou, e sem dúvidas seria o lugar perfeito, ainda mais, com minhas ovelhas e amigos ali. O CD é muito real, verdadeiro e intenso. Foi feito em casa, com a realidade que vivo todas as terças-feiras, há mais de 11 anos, dirigindo aquele culto.

Supergospel - Desde o álbum Fé, você é produzido pelo grande Ruben di Souza. Como é o seu relacionamento com ele? Rubinho é meu irmão, a gente olha um pro outro e já sabe o que fazer, chega a ser assustador a nossa musicalidade junta. Temos o mesmo gosto musical e ele me entende e sabe onde quero chegar. Vamos fazer muita coisa juntos ainda, ele é fenomenal, um irmão mais velho que Deus me deu.

Supergospel - Podemos esperar por um DVD ou algum clipe de músicas do álbum Aliança? Se sim, há alguma previsão de lançamento? Gravei um vídeo da gravação do CD, mas com o tempo vi que este vídeo é tão forte que, sem hesitar, decidi lançar o DVD do mesmo, sairá em Março de 2012, e está muito especial. [Clique aqui para assistir o vídeo "Nada pode quebrar"] Lancei a pouco tempo um clipe de uma das canções do dia e todos estão amando, isso pra mim foi mais uma confirmação que o DVD será querido por todos. Sem dúvida, ele fugirá das grandes produções que já fiz até hoje, mas ao mesmo tempo retratará a realidade que vivo todas as semanas na minha igreja.

Supergospel - Em 1998 você fez o seu primeiro solo no Diante do Trono, cantando a canção "Me libertou". Este CD é considerado um divisor de águas na história da música gospel nacional. Como você vê a evolução do louvor e a adoração no Brasil, de lá pra cá, e como você vê o cenário atual em termos gerais? Tá tudo lindo demais, crescendo, evoluindo e chegando a lugares que antes estavam tão distantes de nós. Podemos transitar desde as grandes festas nacionais e continuar sem perder a base da nossa vida que é a igreja local. Tudo para um objetivo que arde em nosso coração, levar ao evangelho ao mundo inteiro, e isso sem dúvida, só será possível se também desenvolvermos um trabalho profissional e de qualidade, mas sem nunca perder o foco e a unção.

Supergospel - A mídia, tanto rádio, televisão, como internet, está cada vez mais se tornando um canal de comunicação e divulgação do evangelho - não só feito por pastores, como também por cantores e ministérios. Qual sua opinião sobre a importância dela, tanto para seu ministério, como para a divulgação da obra de Deus? Amo as mídias sociais, com elas fico mais perto de quem amo, as pessoas, as ovelhas que Deus me dá! Todas as ferramentas que temos hoje em nossa geração são muito especiais e nos ajudam a otimizar a pregação do evangelho por todo o mundo! Eu amo e acredito muito na proximidade que podemos ter com as pessoas através das mídias sociais.

Supergospel - Sem dúvida alguma estamos vivendo um marco na história da música gospel, onde uma das maiores gravadoras seculares do país (a Som Livre) está investindo muito na música evangélica - inclusive com espaços na Rede Globo, emissora proprietária. Como você vê esse momento, tanto para os cantores evangélicos como para a igreja em si? Um marco na nossa história. Um verdadeiro canal aberto por Deus para que milhões de pessoas ouçam ao mesmo tempo a mensagem do evangelho, seja cantada ou pregada! É uma realidade tão poderosa que nos leva a viver um sonho que se tornou realidade. A exposição através destes canais tem aberto portas e deixado a igreja sair das quatro paredes e testemunhar nas ruas a realidade do amor do Senhor. A minha alegria por tudo que tem acontecido é muito grande.

Supergospel - Nos seus momentos de lazer, o que você costuma ouvir? Musicalmente falando, o que te influenciou e o que te influencia hoje? Ouço muitas coisas, Brandon Heath, Britt Nicole, Jesus Culture, Disco Praise, Jackson Waters, … Nossa muita gente, todos me influenciam.

Supergospel - Se você tivesse que escolher dois conselhos para dar aos ministros de louvor - um na área musical e outra na área espiritual - que conselhos você daria? Sejam fieis a sua igreja local, se você não der frutos em sua igreja você não dará em lugar nenhum. Tenham sempre líderes que vocês prestam contas da sua vida a eles, não vivam a vida cristã sozinhos, tenham comunhão.

Supergospel - A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que você acha dessas novas opções de mídia? Tudo de bom, uso o que posso e o que consigo aprender. Não podemos parar de evoluir e sim usar tudo para alcançar e estar mais perto de todos.

veja também