Arquivo: Ed Wilson concede entrevista a Marcos Góes; assista

Arquivo: Ed Wilson concede entrevista a Marcos Góes; assista

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 3:05

No dia 4 de outubro de 2010, quando, aos 65 anos, perdeu a batalha para o câncer, Ed Wilson deixou um vazio na MPB e também na música evangélica, dois mercados distintos nos quais atuou como prolífico autor e cantor. Essa dualidade, que marcava sua carreira desde os anos 80, foi tema da última entrevista de Ed Wilson, concedida a Marcos Goes no programa InStudio, da Diário TV de Teresópolis, em junho do ano passado, poucos meses antes de sua morte.

Durante a conversa, que durou cerca de 35 minutos, Ed Wilson cantou trechos de músicas conhecidas de seu repertório, tanto da seara evangélica (Te amo tanto, Mais do que um sonho) quanto da secular (Amar você (Segredo do meu coração), Uma história pra ficar), e falou sobre temas como direitos autorais e pirataria. Mas o assunto central da entrevista foi a sua dupla carreira musical, como cantor evangélico e integrante do grupo The Originals, formado por ex-componentes de bandas da Jovem Guarda, como Renato e Seus Blue Caps, que Ed Wilson ajudou a criar, ao lado dos irmãos Renato e Paulo Cezar Barros. Uma decisão que, conforme destacou Marcos Goes, causava estranheza a muitos evangélicos.

Com seis CDs gospel no currículo, sendo um em espanhol, Ed Wilson se defendeu de possíveis críticas, comparando-se a pastores que mantêm profissões paralelas. “Eu não sou médico nem advogado, sou um cantor popular. Isso deveria ser considerado, no meu modo de ver, como uma outra profissão também, já que eu vivo só de música”, ponderou.

Ed Wilson também falou sobre sua relação com os companheiros do grupo The Originals. “Todos sabem da minha carreira como cantor evangélico, e alguns deles também possuem experiências com Deus”, relatou o cantor, citando uma ocasião em que fez uma oração antes de um show no Olympia, em São Paulo.

Quase no final da entrevista, Ed Wilson contou a Marcos Goes que, seis meses antes, sofrera um infarto, durante um show do Originals no Acre, e fora submetido a uma ponte de safena. Por causa desse e de outro problema de saúde no passado, ele afirmou não fazer planos para o futuro. “Quem tem mais plano na minha vida é Deus, e eu sempre obedeço à vontade Dele. Creio que exista muita coisa pela frente ainda, embora não esteja mais jovem. Estou sempre à disposição de Deus. Para onde o vento for, e Deus me levar, eu vou. Com Deus estou em todas”, disse Ed Wilson, em um emblemático testemunho de fé.

veja também