As bênçãos de Deus alcançam Nani Azevedo

As bênçãos de Deus alcançam Nani Azevedo

Atualizado: Sexta-feira, 2 Maio de 2008 as 12

Por Claudia Moraes

Nascido em lar evangélico, Nani Azevedo teve sua primeira experiência com Deus ainda bebê. Quando ficou doente e já dado como morto, sem respirar, sua mãe o ergueu ao céu, fez uma aliança com Deus e naquele momento voltou a ter vida.

Engajado no ministério de louvor há quase 20 anos, neste ano de 2008, uma surpresa, pela primeira vez foi vencedor em duas categorias (Cantor do Ano e Destaque) do Troféu Talento. Na cerimônia de premiação brincou: "Depois de 20 anos na fila.... Mas eu também tenho a marca da promessa", em referência a música vencedora "Marca da Promessa", do grupo Trazendo a Arca.

Tendo suas músicas exibidas na TV, durante o programa do Pr. Silas Malafaia, Nani confessa que o veículo de comunicação colaborou para divulgação de seu trabalho, mas afirma que não se deixa levar pela vaidade e está focado em alcançar vidas para Jesus.

Guia-me - Durante estes anos no ministério, quais foram as principais mudanças no seu estilo de cantar?

Nani Azevedo - Quando comecei, eu era um intérprete de música evangélica. Depois, senti um chamado para não apenas cantar para o povo ouvir e sim ministrar e envolver a igreja na  adoração.

Guia-me - E no meio evangélico como um todo, quais as principais diferenças de quando começou?

Nani Azevedo - Acho que hoje tem muito modismo... e adoração não é moda e sim estilo de vida.

Guia-me - O CD "Bendito Serei" foi um marco em seu ministério. Você acredita que a divulgação na TV ajudou?

Nani Azevedo - Com certeza a TV foi algo muito abençoador para o meu ministério.

Guia-me- A TV também pode ser um instrumento de evangelização?

Nani Azevedo - Sim e muito, mas acho que tem que evangelizar mais, deixar um pouco o lado crentês e falar mais de Jesus.

Guia-me - O que costuma ouvir?

Nani Azevedo - CD ao vivo de ministração. Também ouço Leonardo Gonçalves, Tom Carfi, Eishila, Fernanda Brum e tudo o que for bom e que tenha amparo bíblico.

Guia-me - Qual música marcou a sua história?

Nani Azevedo - Com certeza as músicas "Deus é Fiel" e "Bendito Serei".   

Guia-me - Como foi receber o Troféu Talento como cantor e destaque do ano? Como você avalia esse prêmio?

Nani Azevedo - Acho legal isso. É uma forma de reconhecimento, mas não me deixo levar por vaidades. O ministério de um homem não é medido pela quantidade de CDs que ele vende ou de troféus que ganha. E sim, pela quantidade de vidas que alcança.

Guia-me - Quais são os projetos para este ano?

Nani Azevedo - Lançar o novo CD e DVD ao vivo "Excelência", continuar sendo benção para esta nação e viver ao lado de minha família.    

veja também