Cântico de Moisés; primeira música na Bíblia

Cântico de Moisés; primeira música na Bíblia

Atualizado: Sexta-feira, 11 Novembro de 2011 as 12:22

A primeira música na Bíblia foi o Cântico de Moisés em Êxodo 15. Conhecemos a história: Israel vivia em escravidão por 400 anos quando Deus enviou um libertador; através de uma série de milagres incríveis e pragas, culminando com a morte do cordeiro pascal e o rei egípcio (o Faraó) finalmente cedeu para que o povo de Deus fosse embora.

Os israelitas deixaram o Egito e a escravidão através da "Destra do Senhor" diz a Bíblia. Eles estavam comemorando a vitória de Deus, e por um breve momento, tudo parecia bem. Durante um tempo, eles marcharam para uma espécie de beco sem saída, Migdol de um lado, Pi-Hairote, de outro e o Mar Vermelho à frente. E atrás deles podiam ver no horizonte as nuvens de poeira subindo dos carros que se aproximavam com o rei egípcio de coração duro e seu exército.

As pessoas se queixaram e se prepararam para matar seu líder Moisés; mas Moisés estende sua mão. O Salmo 114:3 descreve a cena e diz: "O mar viu isso e fugiu". No Salmo 77:16 diz: "Viram-te as águas, ó Deus; as águas te viram e temeram."

Que imagem impressionante: as águas correndo de medo, dividindo à esquerda e à direita, deixando o Rei da Glória passar.

Em Êxodo 14, vemos Israel atravessar da morte para a vida o mar dividido. Paulo fala sobre isso em 1 Coríntios 10, dizendo que esta é uma imagem do batismo. Assim como Israel, nós também fomos salvos de nossos opressores e cativeiro pela morte do Cordeiro pascal, Jesus Cristo e, como eles, vamos às águas do batismo como um sinal de sair da morte, e ida para a vida. Da escravidão para a liberdade.

Em Êxodo 15, vemos Moisés respondendo com adoração essa experiência. Eles cantam essa gloriosa música; veja essa letra:

V.1 Cantarei ao SENHOR, porque triunfou gloriosamente; lançou no mar o cavalo e o seu cavaleiro.

V.2 O SENHOR é a minha força e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus; portanto, eu o louvarei; ele é o Deus de meu pai; por isso, o exaltarei. V.3 O SENHOR é homem de guerra; SENHOR é o seu nome. V.6 A tua destra, ó SENHOR, é gloriosa em poder; a tua destra, ó SENHOR, despedaça o inimigo. V.11 Ó SENHOR, quem é como tu entre os deuses? Quem é como tu, glorificado em santidade, terrível em feitos gloriosos, que operas maravilhas? V.13 Com a tua beneficência guiaste o povo que salvaste; com a tua força o levaste à habitação da tua santidade. E, em seguida, Moisés termina sua canção com uma declaração sumária. Depois de tudo que Moisés viu e experimentou, veja o final da letra. Note que é tão verdadeiro para nós hoje como foi há milhares de anos atrás para Moisés: V.18 O SENHOR reinará por todo o sempre.

Após alguns anos, agora tenho considerado compor canções sobre Deus ser Guerreiro. Eu conheço miríades de canções sobre Ele ser nosso Pai, nosso Salvador, nosso Rei. Tenho cantado inúmeras canções sobre o Seu amor, Sua misericórdia e Sua graça, mas tenho dificuldades em me lembrar de uma música que se dirige a Deus como sendo um guerreiro.

Chris Moerman é um bom amigo, grande líder de louvor e compositor talentoso. Nós compomos muitas músicas juntos ao longo dos últimos dois anos, e ele veio à minha casa com algumas idéias para uma música de Êxodo 15, o Cântico de Moisés. Amei! Eu estava tão animado, e nos meses posteriores ha este dia, a música veio a mim junto com Chris, Ben Smith e Barrett Pat. O fato de estarmos ministrando juntos a adoração em nossa igreja nos permitiu ter um tempo melhor para colaborar e compor músicas juntos. Embrulhamos a composição e enviamos para Graham Kendrick, que gentilmente (e com maestria) fez uns ajustes na letra e assim todos nós resolvemos enviar nossas músicas para Graham de agora em diante!

Estamos ministrando a canção em todo o lugar, e está ressoando a muitas pessoas. Certamente ressoa em meu próprio coração. Tenho chamado a Deus de poderoso guerreiro várias vezes ultimamente. Estive orando alguns dos salmos mais imperativos, como o Salmo 83:15 "assim, persegue-os com a tua tempestade e amedronta-os com o teu vendaval". Ou o Salmo 35 ou Salmo 78:65,66 "O Senhor despertou como se do sono, como um guerreiro refrescado com vinho, e levou os seus inimigos de volta." Por causa de minha família, de nossa igreja, dos caras que estou discipulando, pedi a Deus para ir para a batalha, para abater meus inimigos, e proteger-nos com a Sua força. E eu acredito nisso, Ele É!

Espero que ninguém fique audacioso ao ler este texto, pedindo a Deus como o poderoso guerreiro que Ele É. Podemos encontrar abrigo atrás de seu escudo, força sob Sua espada, e vitória em cada batalha.

PS: O Cântico de Moisés é a primeira canção na Bíblia. Surpreendentemente, também é um dos últimos. Em Apocalipse 15:3 lemos sobre um conjunto de adoradores no céu, e está escrito que eles cantam duas músicas: O Cântico do Cordeiro, e o Cântico de Moisés.

Pegue isto: O céu ainda está cantando o Cântico de Moisés. Aparentemente, Deus realmente ama essa música. Não somente pegue, mas pense também sobre isso: a adoração no céu é impactada pela adoração na terra. Os sublimes anjos do céu estão cantando canções escritas por um humilde homem da Terra.

O que isso poderia significar para nossa composição?

veja também