'Cantores gospel não podem ficar em uma garrafa', afirma o cantor Thalles Roberto

De acordo com Thalles, sua formação musical é muito mais ampla, influenciada por artistas seculares como Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Djavan, entre outros. Ele vê com bons olhos a mescla entre o gospel e outros gêneros.

Fonte: Guiame, com informações de UOLAtualizado: quarta-feira, 20 de maio de 2015 14:38
Cantor Thalles Roberto durante apresentação na rádio Vida. (Reprodução/TV UOL)
Cantor Thalles Roberto durante apresentação na rádio Vida. (Reprodução/TV UOL)

 

Para o cantor gospel Thalles Roberto, "sair de dentro da garrafa" é essencial para levar o conhecimento do amor de Deus à outras pessoas. Seu novo disco, "As Canções Que Eu Canto Pra Ela", que celebra o amor por sua esposa, usa a temática secular para "falar do amor à luz de Deus, sem pornografia, sem bunda".
 
"A cada dia que passa, os cantores gospel percebem que não podem ficar em uma garrafa. Eles precisam sair do nosso meio para levar a palavra", explica Thalles em entrevista ao UOL. "O público gospel não ouve música secular, mas eu posso levar outras pessoas a fazerem o caminho contrário".
 
De acordo com Thalles, sua formação musical é muito mais ampla, influenciada por artistas seculares como Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Djavan, entre outros. Ele vê com bons olhos a mescla entre o gospel e outros gêneros.

Falando sobre a temática do novo disco, Thalles revela detalhes da história de amor com sua esposa, Daniela Campos, que começou na infância. "Viemos de realidades muito distantes. Ela era filha de médico e eu, de vidraceiro. Ela era loira e eu, negro", conta Thalles, que passou a compor músicas para ela e continuou mesmo após casado.
 
A ideia de compilar as canções românticas que Thalles escreveu foi da própria Daniela, e resultou no disco que já está sendo bem recebido pelos fãs do cantor. A faixa "Minha Menina", já foi ouvida mais de 75 mil vezes desde o dia 11 de maio. "A recepção vem sendo muito positiva", comemora.
 
Assista a matéria completa:
 
Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições