Coluna - Pr. Catalau

Coluna - Pr. Catalau

Atualizado: Quarta-feira, 14 Novembro de 2007 as 12

Gospel X Secular 

Certa vez fui abordado por uma repórter de um programa, eu tinha saído de um centro de recuperação evangélico, pois minha vida durante 26 anos esteve debaixo de uma maldição que eu achava o máximo, "sexo, drogas e rock'n'roll". Fui compositor de uma banda secular, "Casa das Máquinas ", da Som Livre, aos 16 anos começando minha carreira profissional, em 1977. Depois disso, fui me aprofundando na parte dark da coisa, tocando na noite, usando todo tipo de drogas e destruindo a minha vida.

Até que com a banda Golpe de Estado, consegui entrar na mídia. Havia parcerias com artistas vinculados fortemente à mídia. Por esta razão, pelo meu testemunho, fui abordado pela repórter que me perguntou "Qual a influência da música secular na música gospel?". Não precisei pensar muito, pois o Senhor na hora me trouxe a memória quando tocava com meu pai, que também era músico e um grande amigo. Só que nascido e criado em New Orleans, a fonte e a terra do jazz, do blues e raiz de uma série de outros ritmos que se estenderam mundialmente. Lembrei-me que sempre que íamos fundo no estudo de algum som, acabávamos concluindo que eles tinham saído das igrejas os spirituals, soul music, ou seja, Elvis Presley, o maior divulgador do rock no mundo, saiu da Igreja, e tantos outros.

A igreja é o berço dos sons e dos ritmos, que foi copiado e mundanizado. Mas todos os sons na sua essência vêm de Deus. Nos últimos tempos, tenho visto não só o resgate dos valores do Senhor, mas tudo que foi roubado está sendo resgatado pelos seus filhos. A resposta é lógica: tudo que tem fôlego louva a Deus.

E se houve algum engano e confusão, isso será revelado pela manifestação dos filhos de Deus no rock, blues, jazz... o que já vem acontecendo e vai continuar, preparando a volta do Senhor Jesus. 

Deus abençoe!

Catalau   é pastor, músico e compositor. Com formação teológica pelo Haggai Institute, no Havaí (EUA). Foi conhecido na década de 80 como vocalista da banda de rock secular Golpe de Estado. Atualmente, dirige uma Igreja em Boissucanga, litoral norte de São Paulo.   

veja também