"Cristo foi entronizado na JMJ", afirma Asaph Borba

"Cristo foi entronizado na JMJ", afirma Asaph Borba

Atualizado: Quinta-feira, 25 Julho de 2013 as 9:57

asaph borbaNessa quarta-feira, 24 de julho, Asaph Borba ministrou o louvor na JMJ - Jornada Mundial da Juventude.
 
O evento é católico, conta com a presença do Papa Francisco e está acontecendo no Rio de Janeiro
 
Em sua página no Facebook, Asaph escreveu um pouco falando do que viveu durante sua participação na JMJ.
 
"Queridos, hoje pude ver o que Deus pode fazer quando quebramos as barreiras que nos separam não apenas dos católicos mas das vidas. Só podemos ser influência e bênção para alguém se estivermos próximos. Parece que vivemos uma GIRAD evangélica. A transformação do Brasil sem dúvida passa pelos católicos.
Hoje Cristo foi entronizado na JMJ - Rio - Sem sombra de dúvida estava no lugar certo fazendo a coisa certa - Exaltando Jesus nosso amado!!!!
Obrigado Dawidh Alves, Bené Gomes, Mike Shea, Isaias Carneiro, Mike Herron, e Matteo Calisi"
 
Na terça-feira, um dia antes de sua ida ao evento, ele publicou um texto mais elaborado em que cita os comentários que lia nas redes sociais referentes a essa participação.
 
No texto, Asaph critica alguns evangélicos que preferem ficar de longe criticando, ao invés de buscar aproximação, acolher e mostrar amor. Confira o texto completo:
 
 
"Gastei, junto com Rosana, minha esposa, um bom tempo lendo os comentários nas mídias sociais referentes à minha participação na Jornada Mundial da Juventude, evento católico que está ocorrendo agora aqui no Rio. www.facebook.com/asaphborba - Julho 2013.
 
Mesmo sendo organizado pelo segmento carismático, é latente o quanto a Igreja evangélica brasileira é preconceituosa quanto à ramificação romana. Parece que, se Jesus resolvesse vir para o Rio nesta semana, em que o Papa também está por aqui, o último lugar aonde ele poderia pregar ou cantar seria em um dos eventos católicos. Apostasia, ecumenismo, se vendendo para Roma, desviado e outras, foram críticas à minha pessoa, fruto de leituras feitas por alguns dos meus seguidores, que parecem preferir que as pessoas católicas estejam isoladas do que, recebendo a palavra e ministração de um dos seus comuns, no caso eu. Lembro de um fato em que Jesus ter sido também criticado por andar com publicanos, pecadores, prostitutas e a escória social de sua época, e por isso sem dó, foi condenado, pela religiosidade insípida e sem vida dos judeus, que não se importavam com o futuro das Marias Magdalenas, e Zaqueus. Tinham pedras nas mãos sempre prontas para atirar sem conhecer portanto o coração do Mestre que sem dúvida amava e ama a todos sem distinção. 
 
Se Jesus estivesse aqui sem dúvida estaria nas concentrações. Compartilharia com a multidão de estrangeiros que chegaram comigo da Europa esta semana, buscando alguma coisa que muitos deles não sabe o que é. Quando recebi o convite do Fraternidade Carismática de Roma na figura de seu presidente Mateo Callisi ele disse: você tem algo pra compartilhar que será uma bênção para nós. Sim eu tenho. Tenho o Espírito Santo guiando minha vida, família e ministério a quase 40 anos. Tenho cânticos que proclamam a glória de Deus, que entronizam Cristo e não deixam dúvida que o Reino de Deus que eu vivo é inabalável. Sim, carrego em meu peito uma chama acesa que o Pai insiste em renovar para compartilhar a toda criatura. Ando pelo mundo afora falando de uma amor que transformou a minha vida na Cruz e pode fazer-lo com qualquer pessoa, seja ela evangélica, católica, islâmica ou ateu.
 
Me espanta, o quanto até mesmo pastores, ficam inertes frente ao movimento natural de eventos no mundo. Em uma concentração de gente como essa, nosso povo fica de longe criticando qualquer iniciativa de aproximação, quando deveria estar na rua acolhendo, compartilhando e mostrando amor. Deviam se perguntar porque meu nome foi escolhido e aceito para um evento internacional coordenado pelo Vaticano? Em vez de pensar, como muitos, o mal, pensem sim o bem. Pensem que é uma oportunidade que o Pai está dando a este servo, de ser sal e luz para esta gente. O homem nada tem, se do alto não lhe for dado. O céu abriu esta porta. Se Jesus estivesse fisicamente entre nós, ele estaria junto a mim, Bené Gomes, Isaías Carneiro, Mike Herron e Mateo Calisi proclamando a Glória do Pai e cantando “Eu sei que foi pago um alto preço”. Estaria curando vidas, trazendo verdade e salvação a todos.
 
Que bom, entretanto, que a grande maioria dos comentários que li, entendem o momento e oportunidade, assim como meu pastor Moysé Cavalheiro de Moraes, o fez, e estão comigo em oração. Entendo assim, que a miopia é parcial e minoritária no povo evangélico. Mesmo que não haja uma estratégia central da Igreja para abençoar esta gente, hospedando e mostrar amor, pelo menos uma grande parte do povo de Deus já entende que Deus tem uma só Igreja neste mundo que não é nem católica nem evangélica mas é simplesmente IGREJA, a noiva de Cristo. Para esta IGREJA vou junto com minha esposa, filho e banda ministrar amanhã, seguro e impulsionado pelo Espírito Santo e sustentado por uma multidão de irmãos em oração."
 
 
GUIAME.COM.BR
 
 

veja também