Deus fala com seus amigos

Deus fala com seus amigos

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 2:42

"Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer." João 15:14-15

Você é ... um amigo de Deus . Você pensa em si mesmo dessa maneira? Você pode imaginar Jesus entrando na sala agora, sorrindo para você, e estendendo os braços para te abraçar? Olhando bem em seus olhos, dando-lhe toda atenção. Perguntando como você está e como você se sente; realmente preocupado com você.

Ele ouvindo atentamente cada palavra sua, atento a cada nuance, gesto e emoção. Entendendo completamente o que você está passando. E então ele  te responderia, dizendo apenas o que você precisa ouvir. Você se sentiria seguro em seu amor.

Para imaginar esse cenário tenha em mente que Jesus está presente conosco agora, mesmo que ele não esteja aqui em carne e osso. Eu queria poder chegar e tocá-lo fisicamente, mas por agora não é para ser. Ele não fala comigo de forma audível, mas Ele fala comigo com uma voz tranqüila em meu interior ...

"Amanhã vai ser um dia maravilhoso". Uma ou duas vezes por mês, assim como eu estou prestes a adormecer, Deus fala algo comigo parecido com isto. "Vai ser um bom dia" ... "realmente" ... ou "grande dia"... ou "prepare-se para uma surpresa".

Na hora de ir dormir, quando vou me deitar, Deus sussurra e muitas vezes eu não estou orando. Como eu estou cochilando e meu cérebro está entrando em "modo de suspensão", sou surpreendido por um pensamento claro, como "você realmente vai gostar do que acontecerá amanhã".

Ele sempre está certo, é claro. Quando eu recebo esses toques de Deus, inevitavelmente, algo extraordinário acontece no dia seguinte - eu recebo um telefonema de um amigo que eu não ouvia falar a anos, eu tenho uma conversa com um colega de trabalho que é um ponto fundamental de uma ação, ou eu estou muito feliz porque é um belo dia de sol (que só pode ser enorme em Vancouver se você tiver 20 dias consecutivos de nuvens e chuva).

Não só Ele nos ouve quando oramos, como também, à vezes, Ele dá o primeiro passo para falar conosco.

PARCERIA COM JESUS

Por que ele iria falar assim comigo? Por que ele iria se preocupar em dizer algo tão específico, ainda assim tão simples? Posso pensar em um monte de razões. Ele me ama e quer me encorajar. Ele sabe que o vigor da minha vida é dirigida a Ele. Sou seu parceiro. Parceiros falam sobre o trabalho que realizam juntos. Ele, claro, é o sócio majoritário nesta operação. Mas qualquer gestor inteligente permite que seus parceiros estejam no processo de planejamento, tomada de decisões e avanço. Qualquer gerente sábio se anima com seus trabalhadores para dar-lhes um estímulo.

Jesus disse que o Pai e Ele fariam morada naqueles que os amam e lhes obedecem (João 14:23). Que imagem de carinho e intimidade. Lar é onde conhecemos o amor incondicional e aceitação. É onde nós podemos relaxar completamente e ser nós mesmos. O lar é um lugar para falar sobre tudo e qualquer coisa. Em minha casa, eu falo com meus filhos. Certamente nosso Pai quer falar com seus filhos!

Há algo muito especial sobre as crianças. Quando meu filho Ian tinha três anos, ele queria ficar comigo não importa onde eu estava e o que estava fazendo. Ele vinha correndo em meu escritório, pulando no meu colo e dizia "mostre-me algumas fotos!" (Ele prefereria ver fotos de si mesmo que eu tenho guardadas no computador - fotos de aniversário). Se eu estava mexendo no jardim, ele insistia em ter sua própria pá para cavar ao meu lado. Se eu estava indo em uma missão, ele ficava entusiasmado para ir. Ele ficava entusiasmado em fazer o que eu estou fazendo, só porque ele queria estar comigo. Ao longo do caminho, a gente conversa.

As imagens usadas na Bíblia para descrever nosso relacionamento com Deus são muito diversificadas - somos co-trabalhadores, funcionários, herdeiros. Muitas dessas metáforas são relações familiares - pai e filho, pastor de ovelhas e amado-amada. Em todas essas relações, existe falar e ouvir de ambos os lados.

Que tipo de casamento seria excluindo a conversa íntima? Só um casamento muito ruim. Se os laços são cortados das conversas entre Linda e eu, não vai demorar muito para os nossos sentimentos de amor secar. Se nossas responsabilidades ofuscar nossa amizade, vagamos em paralelo, mas em estradas separadas e nos encontramos em mundos diferentes. Mas se tiramos tempo para conversar, alimentamos o fogo do nosso amor mútuo e compromisso com o outro. Os membros da família falam uns com os outros.

Que tipo de relação mãe-filho exclui a comunicação? Só um coração duro. Existe uma correlação direta entre lares desfeitos e comunicação quebrada. Quando pai e filho nunca conversam; como o amor pode ser dado e como pode ser gerada a confiança? Como pode um apego amoroso ser construído e nutrido?

Quando eu coloco meus filhos para dormir, eu os beijo, orar por eles, e lhes digo que os amo. Se eu, um pai humano imperfeito; sei fazer isso com meus filhos, quanto mais o Pai Celestial sabe como falar conosco Suas palavras de conforto?

É presunçoso pensar que o Deus Todo-Poderoso fala comigo? Sou realmente tão importante para Deus? De fato, sim, eu sou. Será que Deus está realmente preocupado sobre a forma como o meu "amanhã" será? De fato, sim, ele está.

Não acreditamos que Deus é Todo-Poderoso e Onisciente? Então ele sabe muito bem como cada um dos nossos "amanhãs" que vai se desdobrar. É presunçoso pensar que Deus iria falar com seus amigos e familiares?

Dallas Willard cita Lily Tomlin sobre ouvir a Deus: "Porque é que quando falamos com Deus dizemos que estamos orando, mas quando Deus fala conosco, dizemos que estamos esquizofrênicos?" (De "Ouvindo Deus" DW).

Minha jornada com Deus começou com um estrondo. Ele mostrou-se a mim e eu respondi. Essa é a maneira como ele começou e é isso que me faz continuar. Ele continua falando comigo. Suas palavras são para mim o pão de cada dia. Minha resposta a sussurros de Deus é de profunda gratidão. Este ciclo é sem fim: adoração, revelação, mais adoração, mais revelações.

Por Andy Park - músico e compositor da Vineyard, grupo no começou a gravar canções no final da década de 80. Andy também participou do projeto CompassionArt idealizado e produzido por Martin Smith do Delirious?. Andy é casado e pai de 8 filhos.

veja também