Entrevista Regis Danese - "A música tem que ser usada. A gente tem que ser usado"

Entrevista Regis Danese - "A música tem que ser usada. A gente tem que ser usado"

Atualizado: Terça-feira, 25 Novembro de 2008 as 12

Por Adriana Amorim

"Como Zaqueu, eu quero subir... Entra na minha casa, entra na minha vida..." , com certeza você já ouviu esse louvor. Conhecido no Brasil pela canção "Faz um Milagre em Mim", que chegou a rádios católicas, evangélicas e está entre as mais pedidas de rádios seculares nas capitais no Brasil, Regis Danese vendeu mais de 500 mil cópias de seu álbum "Compromisso". Antes de sua conversão, Danese ficou conhecido como compositor de artistas como: Daniel, Gian e Giovanni, Leandro e Leonardo, Christian e Ralf, Belo, Vavá, Elimar Santos e Alcione.           .

Assediado pela imprensa, o cantor transparece simplicidade, simpatia e o sotaque, típicos do jeito mineiro.

Em entrevista ao Portal Guia-me , Danese fala sobre seu testemunho e o propósito de seu ministério. Criticado por sua exposição na mídia secular, aponta: "É o Senhor que nos justifica".

Guia-me: Teu interesse pelo Evangelho foi impulsionado quando seu casamento passou por uma crise e um amigo lhe falou de Jesus. Como é viver hoje um casamento para a glória de Deus?

Regis Danese: Olha, é uma bênção, porque nós ficamos casados dois anos e na época eu falava de amor, fazia música de amor, várias composições minhas foram gravadas por "Daniel", "Só para Contrariar", "Leandro e Leonardo", "Gian e Giovani", mas eu vivia o oposto de tudo que eu cantava e falava. A partir do momento em que eu entreguei a minha vida para Jesus, eu e minha esposa, a gente estava se separando, mas naquele momento, o nosso casamento foi restaurado, naquela hora. E depois de quatro meses, nós nos batizamos nas águas. Isso aconteceu para a glória de Deus. Onde eu passo, testemunho. É uma bênção.

Olha, se a sua família não está legal, nada vai bem na sua vida, isso também acontece para quem não é convertido. Então, a família estruturada, um casamento abençoado faz a diferença para um homem, um trabalhador... na vida de uma mulher. Porque um homem se o casamento dele não está legal ou a família não está legal, ele não consegue trabalhar bem. Agora, de repente, eu paro, Deus restaura meu casamento. E hoje na presença de Deus com a minha família é maravilhoso.

Guia-me: O fato de você ter composto músicas para artistas conhecidos no meio secular o aproxima hoje deles para que possa falar do Evangelho? Regis Danese: Sim. Eu já fiquei alguns anos sem vê-los, mas nesses últimos tempos, a cada dia, Deus está me aproximando de um deles. E eu já tive oportunidade de falar de Jesus.

Guia-me: Eles o receberam bem porque já conheciam o seu trabalho? Regis Danese: Sim, mais por ver o que Deus fez em minha vida, a transformação.

Guia-me: Hoje você canta somente música cristã? Regis Danese: Somente. Não gravo música romântica, música para novela, só para adorar a Deus.

Guia-me: Isso simboliza "Compromisso", que é também o nome do teu CD? Regis Danese: Sim, compromisso. Esse é o meu "compromisso". Não só esse, o meu compromisso é a cada dia buscar santidade. A gente é cheio de defeitos, de falhas, então, é não procurar cair no mesmo erro. Sempre buscando a Deus e consagrando mais. Cantar músicas para que haja cura, restauração. Não simplesmente: "Que música linda!" E não acontecer nada. A música tem que ser usada, a gente tem que ser usado.

Guia-me: A gente está vendo teu sucesso com o CD Compromisso, mais de 500 mil cópias vendidas. Mas dois trabalhos anteriores não tiveram a mesma repercussão. Você pensava que Deus poderia tocar tantos corações por meio de suas canções?

Regis Danese: Olha, tudo é no tempo de Deus. Meu primeiro trabalho foi independente, eu estava convertido há três anos, mas eu não queria gravar. Não queria fazer a obra de Deus. Mas o chamado foi muito forte. Deus permitiu o primeiro, aquela coisa, correndo daqui, ficando um mês na casa de um ali, em Minas, em São Paulo, no Rio, o segundo também foi feito com muita dificuldade. Mas o Senhor permite isso para que a Glória não seja do homem. A glória não é de ninguém, é do Senhor.

Guia-me: Ele faz isso para que estejamos preparados ao receber a bênção?

Regis Danese: Para que a gente esteja preparado. Porque se ele te entrega tudo de uma vez, você não estará preparado e não saberá administar a situação. Então, esse terceiro CD eu sabia, tinha certeza, profetizei: essa música vai será bênção, ministrada em todas as igrejas. Mas o Senhor nos surpreende. Então hoje, para a glória de Deus, ela é primeiro lugar nas rádios seculares. Nem a gravadora e nem eu enviamos o CD. Eu até estava em uma rádio secular esses dias, a rádio Nativa no Rio, e o rapaz falou: 'Tivemos que comprar o CD para tocar aqui'. Então, hoje, essa música é tocada nos pagodes, nos bailes funk, onde às vezes a gente não tem coragem de ir, evangelizar, falar de Jesus. Deus está usando essa música como um canal de bênção para levar a Palavra.

Guia-me: Hoje rádios evangélicas, católicas e seculares tocam a música "Faz um milagre em mim". O que isso demonstra para você?

Regis Danese: Demonstra a vinda do Senhor Jesus, porque quando a Palavra for pregada a toda criatura, então o Senhor Jesus virá e os mortos em Cristo serão arrebatados, irão subir, e os vivos serão arrebatados para o Senhor. Então, eu vejo o Senhor Jesus buscando a sua Igreja. Porque hoje a Palavra de Deus está sendo pregada aí nos meios de comunicação, pastores evangélicos alugando programas de televisão. Não é barato, é muito caro. E sacrificando para que a mensagem, a Palavra de Deus, seja pregada. Então, eu vejo em tudo isso Jesus aproximando a sua vinda.

Guia-me: Em sua opinião isso prova que não é necessário omitir o nome do Senhor para alcançar a mídia secular?

Regis Danese: É, não é não. Por exemplo, eu estive agora no programa "O Melhor do Brasil", na Rede Record, recebi muitas críticas. Falavam que eu tinha dito que era cantor gospel, mas eu não era evangélico. Era o papo que estava rolando na minha comunidade no orkut, nos blogs aí que fizeram para mim também. Mas, se você entrar no youtube você verá, aliás, escreve Regis Danese - O melhor do Brasil, clica em pesquisar. Eu glorifiquei o nome do Senhor, embora tenham cortado muita coisa ali que eu falei, como por exemplo que eu não cantava mais outros estilos, cortaram na edição, mas é o Senhor que nos justifica. Eu fui ali, orei para estar ali, e Deus falou: "Vai lá". Minha esposa disse: "Vai ser de Deus, bênção, e recebemos ali o disco de ouro, de diamante, para a glória de Deus. O nome do Senhor Jesus foi glorificado!

veja também