"Eu vivo milagres até hoje", afirma Bekah Costa

"Eu vivo milagres até hoje", afirma Bekah Costa

Atualizado: Quinta-feira, 4 Julho de 2013 as 2:18

"Eu vivo milagres até hoje", afirma Bekah CostaA ExpoEvangélica já começou com a corda toda. Na última quarta-feira, 03/07, o evento contou com a participação de diversos grupos e cantores para animar a primeira noite da Feira, no pavilhão D (leste) do Centro de Eventos, em Fortaleza (CE).
 
Entre as participações que agitaram a primeira noite do evento estavam a banda de forró Arrasta Crente e a jovem cantora Bekah Costa, a qual falou com exclusividade ao Portal Guiame sobre as expectativas geradas pelo grande evento e a alegria em estar pela primeira vez na capital cearense.
 
Bekah Costa está aproveitando a oportunidade para divulgar na Expo, o seu mais recente trabalho: "Vivendo Milagres", gravado pela Viva Brasil Music. Segundo a cantora, este CD fala muito também sobre o seu próprio testemunho de vitórias contra enfermidades que ela vivenciou desde muito cedo. O disco conta com a contribuição do renomado cantor e compositor Anderson Freire em 7 das 10 músicas que compoem o disco.
 
"O Anderson Freire mandou algumas músicas para o meu pai, para que eu pudesse selecionar e à medida que eu e meus pais íamos escutando, algumas encaixavam, davam certinho com a minha história. Eu acredito que além de cantar e declarar que Deus é maravilhoso, eu vou poder testemunhar do que Deus tem feito em minha vida. Conforme o nome do próprio CD, eu vivo milagres até hoje", contou. 
 
Repercussão
Falando sobre o alcance que o seu trabalho tem obtido em todo o Brasil, Bekah se mostrou surpresa e satisfeita, pois mesmo antes de vir a Fortaleza para divulgar o seu CD, a cantora encontrou uma recepção calorosa, logo em sua chegada ao aeroporto da capital cearense.
 
"Desde o momento que eu cheguei, estou sendo muito bem recepcionada. Vários fã-clubes foram hoje ao aeroporto para me recepcionar. Eles estavam cantando trechos das minhas músicas e isso fez com que eu me sentisse em casa - por mais que fosse a minha primeira vez aqui. Eu me senti bem parte desta família. Aqui na Expo, não tem sido diferente. Todos aqui tem me tratado muito bem!", afirmou.
 
Por João Neto
 

veja também