"Jesus não veio 'dar paulada', veio resgatar o pecador", diz Thiago Caires

O cantor disse em entrevista ao Guiame que devemos atentar para o nosso comportamento nas redes sociais e evitar polêmicas.

fonte: Guiame, Karlos Aires

Atualizado: Terça-feira, 1 Agosto de 2017 as 3:49

Thiago Caires disse que é importante se basear nas Escrituras para dar um bom exemplo. (Foto: Divulgação).
Thiago Caires disse que é importante se basear nas Escrituras para dar um bom exemplo. (Foto: Divulgação).

Pela segunda vez, o cantor Thiago Caires veio para Fortaleza e fez todo o público da Expoevangélica 2017 cantar ao som de “Chegou a Hora” e outros sucessos de sua carreira. Em entrevista para o Portal Guiame, ele conversou sobre um novo single que irá lançar em agosto, além da importância de dar um bom testemunho, inclusive nas rede sociais, onde tantas pessoas apresentam um comportamento intolerante.

Após três anos sem lançar nada, Thiago, que faz parte do cast da Universal Music Christian Group, anunciou a gravação e o lançamento de um novo single. “Eu não sou um cara que funciona na pressão. Gosto muito de orar, jejuar, ouvir o que Deus está falando. Então depois de três anos, Deus colocou essa canção no meu coração. Vamos fazer uma gravação ao vivo, vai ser o single e o clipe junto”, disse ele.

“Eu estou me segurando aqui, muita oração e preparação, mas em agosto, eu creio que todos poderão conferir essa novidade”. E ele ressalta: “Esta um som bem diferente do meu disco”, disse deixando a curiosidade no ar.

A juventude cristã e os julgamentos

O levita ainda versou sobre como é importante que se basear nas Escrituras para se dar um bom exemplo. “É uma responsabilidade enorme. Por isso que muitas vezes eu evito ficar em polêmica, porque eu acho que quando a gente começa a usar a internet para brigar e dar paulada nas pessoas... Jesus não veio para dar paulada em ninguém, Jesus veio para amar o pecador e resgatar ele. Veio para quem precisa de médico. Eu quero deixar frutos que permaneçam”, disse.

“Nossa responsabilidade é ser exemplo para os demais. Este é o nosso papel. Existe o trabalho, a arte, mas resumindo, eu sou um ministro de Deus, um servo Dele. Então, existe uma responsabilidade muito grande em tudo o que eu faço. A maneira que eu me posto na internet, a madeira como eu me visto, como eu falo com as pessoas. As pessoas o tempo inteiro estão olhando para nós, onde trabalhamos, andamos. E existe uma responsabilidade de nos parecer com Cristo, pois Ele nos criou à Sua imagem e semelhança”, colocou.

“Nós fomos chamados para isso e então a responsabilidade é muito maior. Eu tomo muito cuidado com o que eu falo, com o que eu posto na internet, principalmente. Porque eu sei que se eu sou referência para alguém e se essa pessoa me admira, acaba me copiando. Eu sou assim. Eu tenho pessoas que são referências para mim, então eu começo a fazer o que aquela pessoa faz, a me vestir como ela se veste, a andar como ela anda e a ouvir o que ela está ouvindo”, pontuou.

Vida acadêmica

Para finalizar, Thiago conversou conosco sobre como o jovem cristão deve se portar no ambiente acadêmico. “Eu acho que o cristão precisa ser cristão em qualquer lugar, seja na escola, no trabalho, na casa da avó, na feira, na igreja. Em qualquer lugar ele precisa ser cristão. A gente precisa ser sal e luz nesse mundo. A gente tem que fazer de tudo para evitar conflito, mas até o ponto que a Palavra de Deus diz. Se está na Bíblia, se é um mandamento, se é o que Jesus deixou, isso é indiscutível. Ninguém pode tirar isso de você. A gente não pode fazer nada que nos afaste da presença de Deus. Se o que está sendo ensinado vai em conflito a isso, no meu ponto de vista, você não deve abrir mão do Evangelho. Deus sempre vai prover um escape para o povo Dele. A gente pode ser pressionado e julgado. Podemos até perder as amizades, mas Deus sempre abre uma porta para aqueles que permanecem firmes e não abrem mão do que a Palavra dele diz”, concluiu.

veja também