Justiça suspende rodeio, show gospel é mantido

Justiça suspende rodeio, show gospel é mantido

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 3:37

A festa dos 19 anos de emancipação do município de Japeri, na Baixada Fluminense, que será comemorada até domingo, com show gospel, grupos de pagode e o cantor Alexandre Pires, entre outras atrações, começou na noite desta quarta-feira sem a programação tradicional do rodeio, depois da decisão do juiz André Luiz Duarte Coelho, da Vara Única da Comarca, que proibiu a exposição dos animais durante o evento.

No final da tarde, a prefeitura distribuiu uma nota confirmando o cancelamento do rodeio, depois de ver negado o pedido de “reconsideração” para que a decisão judicial fosse revista. “O juiz da Comarca Única de Japeri manteve a decisão e a Procuradoria Geral do Município não irá interpor recurso”, frisava o comunicado.

A medida judicial foi provocada pela Sociedade Protetora dos Animais, que acionou inicialmente a juíza Rosana Navega Chagas, do I Juizado Especial Criminal de Nova Iguaçu. Ela expediu ofícios ao secretário de Estado do Meio Ambiente, Carlos Minc; à Defensoria Pública e ao Ministério Público, determinando providências para a proibição da festa.

Segundo a magistrada, o rodeio é “uma bárbara prática de óbvia crueldade”. No mesmo ofício Rosana Chagas relacionou oito instrumentos de tortura que, segundo ela, levam os animais ao estresse, antes mesmo de seu ingresso na arena.

Já o juiz André Luiz Duarte ressaltou na sua decisão, que a prefeitura não montou infraestrutura adequada, como atendimento médico e veterinário para a realização do rodeio. O DIA não conseguiu localizar os organizadores do rodeio.

De acordo com a prefeitura de Japeri, a festa da emancipação da cidade acontecerá até domingo com a programação de shows, parques de diversão, barracas de comida e bebidas típicas, com entrada franca, no Paço Municipal, que fica na estrada vereador Francisco da Costa Filho, no bairro Santa Inês, em frente á sede do governo municipal.

veja também