Lançamento de Matt Redman 10,000 Reasons

Lançamento de Matt Redman 10,000 Reasons

Atualizado: Sexta-feira, 29 Julho de 2011 as 3:56

Após longos dias trabalhando em uma pequena igreja próximo sua casa em Brighton, Inglaterra, o reconhecido compositor e líder de louvor Matt Redman já tinha um repertório em mente, junto com seus amigos e compositores Jonas Myrin (autor de: “Our God” e “You Alone can rescue”) e Jason Ingram (“Forever Reign” e “Always”) passaram horas trabalhando em canções que fazem parte do novo álbum de Redman. “Jonas havia reservado esta melodia para mim” lembra Redman. Ele brincou e admitiu que a reação inicial quando ouviu Myrin foi “Eu não quero ouvir isto”. Más depois de alguns dias, Redman voltou a igreja e falou com Myrin para trabalharem na canção, e assim nasceu a faixa-título do novo álbum de Redman “10.000 Razões”.

“Assim que Myrim começo a tocar os acordes, Redman pensou no Salmo 103: "Bendize, ó minha alma", tornou-se o refrão. Redman descreve a música como simples, e tem como acompanhamento base o piano, a faixa "10.000 razões" acena para o estilo de música cantada anos atrás na pequena igreja em Brighton. E seus versos encoraja a igreja a continuar cantando: Para todos os Tua bondade, Eu vou continuar cantando  / 10.000 razões para o meu coração encontrar...

10.000 Razões será lançado em 12 de Julho 2011, pela gravadora Sixtstepsrecords. Nesta data também será comemorado um ano do retorno de Redman para o Reino Unido, após um período de dois anos em Atlanta, Geogia. Onde juntamente com sua família participou da implantação do movimento “Passion” junto com os seus amigos Chris Tomlin e Louie e Shelley Giglio, fundadores da igreja Passion City Church e do selo Sixststeprecords.

Embora de volta ao Reino Unido, Redman retornou a Atlanta em fevereiro de 2011 para gravar “10.000 Razões” durante a conferência de Louvor e Adoração na “Passion City Church”. Este evento reuniu mais de 1000 ministros de louvor, onde juntos tiveram um grande momento de adoração.

A Gravação ao vivo fez deste álbum algo singular: “Alguma coisa acontece na adoração quando uma igreja canta, isto você não encontra em nenhum outro lugar na face da terra... espero que as pessoas sintam isto quando ouvirem o álbum, esperamos trazer vida as canções”.

A Música de Redman tem dado vida às canções de adoradores por mais de quinze anos, desde “Heart of Worship” e “Blessed By Your Name” até as mais recentes “You Alone can Rescue” e “How Great Is Your Faithfulness”. Além de compositor já fez várias turnês com o movimento “Passion”, escreveu quatro livros com temas sobre Louvor, é casado com Beth e pai de Maisey (11), Noah (9), Rocco (4), Jackson (2) e Levi (1)

A nova casa da família em Brighton apresenta um grande contraste com a vida cristã no sul dos EUA, Brighton é a cidade com menos igrejas cristãs no Reino Unido, uma nação que conta com uma população na sua maioria secular, más a família Redman faz parte de um grupo que fará o possível para reverter esta estatística. Eles são membros da St. Peter’s Brighton, filiada a Holy Trinity Bompton de Londres.

A experiência de Redman com a igreja americana e britânica tem influenciado suas composições, especialmente agora que ele faz parte de uma igreja em crescimento: “Com uma igreja tão nova, você não é reconhecido por fazer parte de um grande ministério e é quase considerado sem igreja” diz Redman. “Então temos que encontrar maneiras de não enfraquecer a fé, procuro compor letras acessíveis, isto é um desafio interminável. Isto me faz sempre olhar para a cruz”.

Nem todas as onze músicas do álbum 10.000 Razões foram inspiradas na nova vida de Redman em Brighton. “Never Once”, uma colaboração com Jason Ingram e Tim Wanstall (“Here for You” e “My Hope), começou na casa de Redman em Atlanta. Quando voltou a Atlanta para colocar sua casa a venda, Redman encontrou-se na cozinha vazia com a guitarra na mão, estava sozinho sem som de crianças ao redor, sem móveis apenas o eco da guitarra. Redman teve um tempo para pensar: “Eu analisei meus 20 e poucos anos de vida cristã, vi muitas batalhas e muitas bênçãos. Naquele momento eu só senti uma absoluta fidelidade de Deus.”

Esse momento de inspiração gerou a primeira estrofe de “Never Once” que viria a ser a primeira do álbum a tocar nas rádios: Ajoelhando sobre este campo de batalha / Vejo o quanto Tu tens feito/ Conhecendo cada vitória e seu poder em nós. Em nenhum momento nunca andamos sozinhos/ Em nenhum Momento Tu nunca nos deixaste/ Tu és fiel, Tu és Fiel. Após grandes mudanças ao longo destes dois anos, Redman sente a real fidelidade de Deus neste álbum.  

10.000 Razões tem proporcionado compartilhar experiências globais e pessoais. A faixa “Where Would We Be” reitera o fato: Tu vieste nos buscar e salvar / Tu vieste para nos libertar, resultou da experiência de Redman quando assistiu o resgate dos mineradores Chilenos, no outono de 2010. “Nós precisamos sempre procurar novas imagens para retratar nossa salvação”, diz ele. “O Resgate é uma surpreendente parte da nossa historia; é uma forma incrível de transmitir a salvação”.

Com letras que descrevem resgate e vitória em meio às batalhas e melodias empolgantes como na faixa: “Fires”, este álbum tem o “Otimismo” como tema central, más não do tipo auto-ajuda. Redman descreve da seguinte forma: “Alguns dias acordamos com más noticias, e analisamos a nossa vida e o mundo ao nosso redor, sempre haverá coisas que nos desencorajam más também há dias que acordamos com as promessas Deus e (citando Charles Spurgeon) “O Futuro é tão brilhante quanto às promessas de Deus”.

10.000 Razões não terá sua própria turnê, Redman pretende realizar apenas alguns eventos individuais durante o verão. Ele descreve como foi o processo de composição da sua canção favorita “Holy” como aquele que foi “convidado a entrar”, com o auxilio de Ingram e Myrin durante as reuniões na igreja em Brighton. O refrão de “Holy” ressoa como elogio de um adorador que se humilha diante de Deus: Tu és Santo, Santo, Santo/ Deus altíssimo /  Deus Digno/ Tu és Santo, Santo, Santo/ Jesus tu és / Jesus tu és.

Com um impressionante histórico, digno de um líder de adoração, varias composições, prêmios, publicação de livros, integrante de um dos movimentos de maior impacto neste século, Redman conseguiu manter-se na fé e colocar Cristo no centro de sua vida. Após anos de experiência ele conclui: “Você pode compor acordes inteligentes, pode até trabalhar duro em uma canção, mas no final, eu só quero uma canção que conecte as pessoas com Deus”.

veja também