Mais do que canções de sucesso - uma jornada

Mais do que canções de sucesso - uma jornada

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 11:06

Vivemos em uma cultura de música pop, somos cercados e saturados com ´hits´ de músicas pop que são tocadas constantemente. Programas de TV como American Idol são construídos atrás de canções de sucesso, filmes são produzidos com canções emocionais que se tornaram a trilha sonora de nossas vidas, e quando dirigimos nossos carros, estamos sendo bombardeados com sinais de rádio, satélite ou FM bombando o mais recente hit Top 40. Enquanto isso eu sou muito grato por ser capaz de sintonizar uma estação de rádio cristã. . .

Estou preocupado com uma coisa, a nossa cultura de ´hits´ está influenciando muito a maneira de ser do "ministro de louvor e adoração" na América do Norte. Eu não estou dizendo que nós não devemos apreciar a boa música cultural (eu com certeza não!), mas precisamos ter cuidado para não sermos moldados pela cultura, especialmente pela mentalidade de ´hit´ e depois transferir essa mentalidade na nossa expressão de louvor e adoração quando a igreja se reúne.

Agora, acredito que escrever novas canções de louvor e adoração é algo crítico; a Escritura nos diz "Cantarei ao Senhor um cântico novo" não é mesmo? Mas acredito que nosso chamado a escrever uma música "nova" não é escrever uma canção que será um ´hit´, é escrever uma "canção de Deus" uma música que é completamente bíblica em palavras e conteúdo, e ainda assim acessível para pessoas que estão sendo impactadas por nossas igrejas; essa é parte da música que precisa continuar em mudança e adaptação.

Às vezes, quando as pessoas estão escrevendo novas canções de louvor eles não têm idéia do quanto a cultura pop está influenciando as letras que estão escrevendo. Recentemente ministrei uma música de um experiente compositor e líder de louvor e adoração que tinha um refrão cheio de "Tudo o que eu quero fazer é... Tudo o que eu quero fazer é... ´ Eu gentilmente pontuei que, embora essas palavras pudessem rolar fora de nossas línguas" em uma espécie de música passageira, soavam como um "hit pop" e não uma música de louvor congregacional que resiste ao tempo devido ao seu forte conteúdo bíblico. . . Neste momento da história, estamos desesperados por uma renovação do conteúdo bíblico em nosso louvor e adoração. Às vezes, penso que os líderes de louvor e adoração não têm idéia do quanto à cultura ´hit´ está influenciando a forma como eles escolhem músicas para uso em suas congregações.

Acho que há uma alternativa muito simples.

Vamos ministrar o louvor e a adoração para levar as pessoas a uma jornada. Vamos levar as pessoas para épica história de Deus, e vamos chamar as pessoas para uma história única em nossas igrejas locais. Vamos buscar a Deus e perguntar: "Onde o Senhor quer nos levar?" "Que parte de Sua épica história o Senhor quer que seja nosso foco nesta reunião?" Então, quando colocamos a nossa lista de músicas em oração e devoção sempre teremos à nossa frente um objetivo, o tema ou aspecto da nossa busca por Deus.

Na verdade, é mais que um objetivo, é uma pessoa! Jesus é o nosso líder de louvor e adoração real e estamos nos unindo a Ele para sermos aperfeiçoados, em sua intercessão que está acontecendo agora mesmo à destra do Pai. Quando mantemos Jesus sempre diante de nós, e no objetivo que seu Espírito nos revela, cada momento de louvor e adoração é moldado por que a revelação bíblica se torna clara e não é mais apenas por aquilo que é popular agora!

Porque o que é popular sempre muda rapidamente, ainda mais em nossa geração. Em outras palavras, não basta listar um conjunto de louvores com base no top 25 de músicas do site da CCLI, que é o equivalente ao top 50 da Billboard!

Ministrar o louvor e a adoração não é cantar canções de sucesso!  Se, somos chamados para divertir as pessoas, então faz sentido cantar uma série de canções de sucesso. Precisamos selecionar ou escrever músicas por um motivo, não apenas cantar uma música porque ela é popular!

Só devemos cantar músicas em nossas reuniões que são uma parte importante da jornada. Creio que esta é uma das razões pelas quais os lamentos bíblicos são tão raramente usados na igreja norte-americana. Se nas nossas listas de canções as principais a serem escolhidas são as populares e em seguida, as canções honestas, as tiradas dos Salmos não vão ganhar concursos de popularidade. Mas, se conduzirmos a adoração baseados na jornada, vamos incluir canções que contêm lamento, não porque são populares, mas porque eles fazem parte da jornada humana no coração de Deus.

Somos chamados a convidar as pessoas para uma jornada, e por isso como líderes de louvor e adoração precisamos saber para onde vamos! E precisamos constantemente nos lembrar que estamos atraindo as pessoas para a presença de Deus, onde nossa reunião é toda sobre Ele, de modo que todos nós somos transformados em nossa caminhada.

Por Brian Doerksen - compositor, cantor, autor, conferencista e pastor. Escreveu músicas conhecidas pelo público atual como 'Vem, Esta é a Hora de Adoração", "Esperança do nações","Fogo Purificador", "Aleluia" ("Teu Amor é Incrível"), "Santo de Deus" e "O Rio". Brian continua atuando na igreja "A Ponte", na aldeia de Matsqui, em Abbotsford, que ele ajudou a implantar na primavera de 2006.

veja também