"Marcha Da Fé" já está na boca do povo de Deus, diz Waguinho

"Marcha Da Fé" já está na boca do povo de Deus, diz Waguinho

Atualizado: Terça-feira, 3 Maio de 2011 as 11:25

Em uma entrevista descontraída, Waguinho, ex-integrante do grupo “Os Morenos” e compositor do samba “A Marcha da Fé”, contou suas expectativas sobre a Marcha para Jesus 2011 e dividiu suas experiências mais marcantes em relação ao evento.

Qual foi o seu primeiro contato com a Marcha Para Jesus?

Meu primeiro contato foi em 2006 na Marcha que aconteceu na Avenida Paulista. Eu tinha acabado lançar meu primeiro CD gospel, “O Chamado”, que tinha as músicas “O dono da boca” e “Entregue seu caminho”. O evento foi uma experiência muito boa, porque eu tive a oportunidade de estar com grandes nomes da música Gospel. Foi maravilhoso. Em 2008, o apóstolo Estevam pediu para eu compor um samba para a Marcha. Fiz a “Marcha do samba” que foi um grande sucesso, graças a Deus. Agora em 2011, voltei com o samba “A Marcha da fé”, está sendo muito legal, todo mundo está cantando.

Qual foi a sua experiência mais marcante na Marcha Para Jesus?

Foi no ano de 2008, quando eu fiz o “Samba da Marcha”. Eu sou compositor, com mais de 300 músicas gravadas para artistas conhecidos, como É o Tchan, Molejo e Pixote. Já compus para muitas bandas de pagode e de músicas baianas conhecidas. Há 10 anos, eu era compositor do Salgueiro, escola de samba do Rio de Janeiro. Eu tinha muita vontade de ver na avenida uma escola de samba desfilando ao som de uma das minhas músicas. Ver 100 mil pessoas cantando meu samba na Marquês de Sapucaí era um dos meus desejos, antes da minha conversão. Mas eu aceitei a Jesus, tive um processo de restauração, minha vida mudou por completo. Deus fez além do que eu havia imaginado. Der repente, em 2008, no Campo de Marte, vi mais de quatro milhões de pessoas cantando meu samba. O Senhor me proporcionou algo muito maior. Deus faz além do que podemos pensar ou imaginar. Ele me colocou ali na Marcha onde todos estavam cantando a música que eu compus. Isso me marcou demais! Esse ano não será diferente. Pelo o que estou vendo a música “Marcha Da Fé” já está na boca do povo de Deus.

Como foi o processo de composição da música “Marcha da Fé”?

Eu estava com o Doninha, que é membro da Renascer e está sempre trabalhando na parte de comunicação. Na porta da entrada principal da casa dele tinha um adesivo escrito “2011! No ano apostólico de Abraão, sê tu uma bênção”. Essa frase me chamou a atenção e eu perguntei pro Doninha o significado dela. Ele me explicou que essa é a palavra profética desse ano e o tema da Marcha para Jesus 2011. Esse é o ano da Marcha da Fé. Ai eu pensei “interessante esse tema, daria um lindo samba”. O Doninha abraçou a ideia e me deu a sugestão de fazer a música para a Marcha desse ano. Voltei para o Rio e no dia seguinte, no Twitter, eu recebi uma proposta do apóstolo Estevam, que dizia “Por que você não faz um samba para esse ano?”. Eu pensei “vou fazer agora”. Terminei o samba, mandei pro Giba da rádio Gospel e ele adorou. Fui para o estúdio, chamei o Felipe Silva, um servo de Deus que era o diretor musical da Mocidade Independente e um dos maiores compositores das principais bandas de pagode. Ele agregou mais cinco caras, que também eram da Bateria da Mocidade e nós buscamos fazer algo de excelência para Deus. No dia seguinte, a música já estava tocando em todo o Brasil, por meio da Gospel FM.

Qual é a diferença entre compor para bandas seculares e produzir uma música para um evento como a Marcha para Jesus? Qual é a distinção entre o público secular e o público Gospel?

A diferença hoje é total. No meu ministério, eu tenho o visto o quanto Deus é maravilhoso, porque há 10 anos, enquanto eu tocava, as pessoas se prostituiam, usavam drogas, fumavam cigarro e se embebedavam. Hoje, quando estou louvando, as pessoas sentem a presença de Deus, são libertas, transformadas e abençoadas. A diferença é muito grande. Não tem como fazer outra coisa que não seja louvar e adorar ao nome do Senhor.

Além do tema da Marcha, o que você está preparando para a apresentação deste ano?

Eu vou cantar as músicas do meu novo CD “Samba Adorador”, que tem músicas conhecidas, adaptadas ao ritmo de samba como “Segura na mão de Deus” e “Restitui”. O meu álbum mais recente tem músicas inéditas como “Samba adorador”, que é o tema de abertura do Gospel Brasil, um programa de samba da Gospel FM com a apresentação do pastor Evandro. Eu tenho certeza que o povo vai cantar todas as músicas.

Quais são suas expectativas para a Marcha desse ano?

Estou percebendo que em todos os anos, as pessoas começam a se manifestar para a Marcha para Jesus, faltando 40 dias para o evento. Faltando 30 dias, você já vê as pessoas em clima de marcha. E esse ano, percebo que este clima já está se manifestando há mais de 90 dias. Três meses antes do evento, eu já comecei a sentir nas pessoas essa mobilização. Eu acredito que essa Marcha irá surpreender em números. No ano passado, cinco milhões de pessoas participaram. Eu creio que neste ano, vamos superar o recorde de público. Em todo o Brasil, por onde eu vou, eu tenho visto servos de Deus, pessoas que não são evangélicas, mas que têm Jesus, se manifestando para a Marcha Para Jesus.

veja também