Marco Aurélio: "O louvor é uma expressão da adoração"

Marco Aurélio: "O louvor é uma expressão da adoração"

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 10:33

São 20 anos de carreira, 14 CDs lançados e uma vida dedicada a adorar a Deus e ministrar louvores que priorizam a Sua Palavra. A trajetória de Marco Aurélio foi consagrada com o lançamento de Adoremos, pela Central Gospel Music, um álbum inovador para o cantor, pois valorizou mais o vocal, o violão e a guitarra, em vez de seguir o estilo tradicional e sertanejo dos antigos trabalhos.

Confira nesta entrevista mais detalhes sobre esse novo CD produzido por Edinho Cruz:

Por que esperou quase dois anos para lançar esse álbum?

Aproveitei para divulgar bem o CD Um novo tempo, que rendeu muitos frutos e testemunhos lindos. O álbum anterior já profetizava sobre esse trabalho que está sendo lançado. É um marco de virada para mim, tanto na vida pessoal como ministerial.

Como surgiu a ideia de inovar o estilo?

Quando assumi o ministério de louvor na igreja em que congregava, comecei a cantar muitas canções do CD Excelência, de Nani Azevedo, que tinha um estilo com o qual eu não me identificava. Procurei estudar mais sobre esse tipo de música. A partir daí, o Espírito Santo falou ao meu coração que o povo está mais ativo e não quer apenas ouvir música, mas também cantar, adorar. Acabei sendo muito influenciado por Nani, mas também por Eyshila e Jozyanne. Quando viajávamos juntos, a gente sempre conversava sobre isso.

Por que inovar?

Parei em uma linha de música durante muito tempo, e o Espírito Santo me convenceu de que era o momento do novo. O repertório de Adoremos ainda inclui algumas canções no estilo antigo, mas em sua maioria contém louvor congregacional, que exalta o Senhor, que tem letras que colocam o Senhor como o centro de tudo.

O compositor Luiz Fontana também contribuiu para essa mudança de estilo?

Luiz Fontana foi o músico com quem mais falei sobre o assunto. Ele é um antigo compositor nacional, referencial de homem de Deus. Luiz foi de uma presteza fora do comum sem me conhecer pessoalmente antes e me influenciou muito na escolha do repertório. Tanto que gravei quatro canções de autoria dele.

Como foi a seleção do repertório?

Foi complicada. Só recebi músicas de boa qualidade. Mas o Espírito Santo foi me orientando. Virei noites para refletir melhor sobre cada letra, experimentando em minha voz e clamando a Deus pela direção certa. Com essa nova linha que estou seguindo, também passei a ouvir todas as composições que eu tinha guardadas há anos. Uma delas era Há um nome, do Pr. Edmilson Campos, que recebi há 15 anos. Nunca reparei que a música era tão boa, e ela se encaixou perfeitamente nesse novo repertório. A canção Te darei louvor, de Elza de Almeida, já estava comigo há cinco anos, e Sou um milagre, de Daniel e Samuel, há quatro.

Pelo jeito demorou bastante tempo para produzir o CD.

Comecei em novembro de 2009. Foram nove meses de dedicação. Definitivamente o tempo de uma gestação. Depois gravamos o CD em três meses, no estúdio de Edinho Cruz, que é um amigo de mais de 20 anos. Ele e Jorge Aguiar conhecem muito minha voz. Por isso, prefiro gravar com eles.

Mudou também na parte instrumental?

Tem muita guitarra, violão. Eliminei orquestra e saí um pouco do sertanejo, o que era comum nos antigos trabalhos. Como pretendo tocar também, fica mais simples. Inclusive eu toco de verdade nos meus dois clipes. O CD ficou mais jovem. Com certeza vai agradar a todas as faixas etárias.

Por que o título Adoremos?

É um convite ao povo para adorar a Deus, e o louvor é uma expressão da adoração.

Alguma experiência marcante no processo de gravação?

Deus se manifestou de forma surpreendente. Não que nas outras gravações isso não tenha acontecido, mas dessa vez foi com uma intensidade maior. Durante a gravação do vocal, o pessoal teve de parar para momento de choro e contrição. Minha voz chegou a ficar embargada. Na canção Só por Tua graça chorei a música inteira. Para mim, isso é um sinal da aprovação do Pai.

O que espera de 2011?

Espero que as pessoas tenham saúde, muita paz, comunhão com Deus e prosperidade no que fizerem. Que elas estejam de comum acordo com a Palavra, priorizando a família.

veja também