Marcos Freire: "Nem todos devem fazer missões, mas todos precisam do coração missionário"

Aos 17 anos, o cantor foi à África e passou dois anos fazendo missões em várias regiões.

Fonte: Guiame, Karlos AiresAtualizado: quarta-feira, 25 de julho de 2018 20:33

Fazer missões é para todo cristão? Segundo o cantor Marcos Freire, nem todo mundo tem esse chamado, mas todos devem ter um “coração missionário”. Foi o que ele disse em entrevista ao Guiame durante a Expoevangélica 2018, em Fortaleza. Aos 17 anos, o jovem viajou para a África com o objetivo de pregar o Evangelho aos perdidos e levar a esperança de Cristo.

“Eu vejo muita gente chegando perto de mim e falando: ‘Marcos, eu queria muito ir para a África. Me leva? como eu faço para ir?’. Eu entendo que Deus libera uma graça para aquele que é chamado para fazer algo. Ou seja, quando Deus coloca um trabalho em nossas mãos, Ele coloca uma graça suficiente para que a gente consiga fazer com sucesso, graça, paz e tranquilidade”, disse ele.

“Não é todo mundo que pode ir à África, não é todo mundo que deve fazer missões, saindo pelo mundo todo só porque ama ou se identifica com a cultura, com a língua. Não há um chamado para isso, mas o coração missionário, todos nós temos que ter. Principalmente os jovens, porque a força está no jovem”, explica o cantor.

Ele ainda ressalta que o jovem é desprendido de fatores que podem atrapalhar uma jornada missionária, como o casamento e família. “A gente consegue fazer o ‘ide’ do Senhor sem sofrer. Eu fui para a África aos 17 anos e houve uma graça que me assistiu de tal maneira que eu passei dois anos lá, servindo com alegria, sem peso”, ressaltou.

“A graça nos faz servir sem peso. Sobre o coração missionário, Jesus é a nossa referência. Ele foi o primeiro missionário. Deus enviou Jesus para a terra com uma missão e Ele cumpriu a sua missão, porque Deus que o chamou. Então quando Deus nos chama, Ele libera graça para que a gente cumpra um propósito”, salientou Marcos.

O cantor ainda ressalta que o coração missionário é o primeiro passo para um jovem fazer missões. “Nós temos que nos preocupar com o próximo e nos preocupar em resolver o problema do próximo”, colocou.

Necessidade de Deus

“Eu entendo que Deus vem sendo procurado pelo povo segundo a necessidade. Isso é algo que a gente vê em todos os países e em todos os povos. Se a gente não precisa, a gente não busca. Até porque Deus enviou Jesus para nos suprir, pois éramos miseráveis pecadores, derrotados e inimigos de Deus. Ele mandou Jesus por causa de uma necessidade, o povo caiu no pecado por causa do primeiro Adão”, explica.

Marcos diz que Deus encontra na necessidade “uma forma de se manifestar”. ele acrescenta: “Por isso os pobres buscam mais ao Senhor do que os ricos. Isso principalmente na África. Aqueles que são ricos, infelizmente, vivem como se Jesus nunca tivesse vindo a terra. Mas os pobres, por ter uma necessidade, provoca sede e fome de Deus”, salientou o cantor.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições