Nívea Soares: "Não tinha expectativa nesse CD"

Nívea Soares: "Não tinha expectativa nesse CD"

Atualizado: Quarta-feira, 6 Outubro de 2010 as 2:44

A cantora Nívea Soares lançou recentemente o álbum 'Emanuel'. O CD possui treze faixas com letras focadas em Jesus.

Em entrevista exclusiva ao GUIA-ME, Nívea revelou que o CD foi praticamente todo feito por ela e por seu esposo em um trabalho complicado e minucioso.

"É interessante, porque a gente começou a fazer esse CD e eu não tinha muita expectativa nele, estava muito abalada em relação a gravar, não tinha ânimo para fazer. Mas a gente recebeu uma palavra e a gente sabia que tinha algo sobrenatural porque é um CD que tem muita Bíblia, por isso as lutas com os nossos sentimentos", explica.

"Quando a gente foca em Jesus se tira o homem, se tira nossa vontade, se tira a ênfase dos nossos problemas, nossos assuntos, e esse CD fala muito disso. Creio que vai ser um veículo muito importante para a Igreja, vai ser um momento de entrar no fundamento firme que é Jesus. Sem Jesus não existe Igreja, Ele é o fundamento que jamais será abalado. Creio que é tempo de nos voltarmos para esse fundamento" diz Nívea ao comentar o foco e o objetivo do novo disco.

Com o crescimento do mercado gospel, a cantora ponderou que o Brasil tem muita gente talentosa e que sabe o que falar, mas, segundo ela, não é só o fator 'mercado' que conta.

"Eu vejo dois lados nisso, o lado de alguém que é o profissional da música e depende financeiramente disso, mas também vejo o lado do chamado de Deus. Uma coisa que eu experimentei é que não precisei correr atrás de absolutamente, nada porque as portas foram se abrindo na medida em que Deus achava que elas deveriam ser abertas". 

"Deus é quem estabelece, Deus é quem remove e, como músicos, a gente precisa crer nisso, para não entrar em uma de querer se promover e forçar a barra com coisas que não vão ter fruto no final das contas. A gente tem que colocar as coisas nos devidos lugares e precisa esperar o tempo de Deus para tudo", diz a cantora.

Na entrevista, Nívea falou ainda do momento político que o Brasil se encontra e da importância do envolvimento do povo de Deus.

"Creio que a Igreja cristã precisa se unir. Os cristãos precisam se unir contra essa coisa que estão tentando fazer de limitar nossa expressão e colocar um breque naquilo que é nossa fé. Precisamos nos unir em prol disso. Mas eu também creio que o Senhor é o Senhor da História e que aquilo que acontecer, vai cooperar para que os planos dEle sejam concretizados na Igreja. A Igreja do Senhor Jesus não vai ser abalada pelas coisas que podem vir, porque ela não está estabelecida sobre homens, mas sobre Jesus... Precisamos nos unir e sermos uma voz nesse tempo, mas a gente precisa entender que os planos de Deus vão ser concretizados na Igreja, ainda que governos, pessoas ou ideologias se levantem contra", afirma.

Por Juliana Simioni

A cantora Nívea Soares lançou recentemente o álbum 'Emanuel'. O CD possui treze faixas com letras focadas em Jesus.

Em entrevista exclusiva ao GUIA-ME, Nívea revelou que o CD foi praticamente todo feito por ela e por seu esposo em um trabalho complicado e minucioso.

"É interessante, porque a gente começou a fazer esse CD e eu não tinha muita expectativa nele, estava muito abalada em relação a gravar, não tinha ânimo para fazer. Mas a gente recebeu uma palavra e a gente sabia que tinha algo sobrenatural porque é um CD que tem muita Bíblia, por isso as lutas com os nossos sentimentos", explica.

"Quando a gente foca em Jesus se tira o homem, se tira nossa vontade, se tira a ênfase dos nossos problemas, nossos assuntos, e esse CD fala muito disso. Creio que vai ser um veículo muito importante para a Igreja, vai ser um momento de entrar no fundamento firme que é Jesus. Sem Jesus não existe Igreja, Ele é o fundamento que jamais será abalado. Creio que é tempo de nos voltarmos para esse fundamento" diz Nívea ao comentar o foco e o objetivo do novo disco.

Com o crescimento do mercado gospel, a cantora ponderou que o Brasil tem muita gente talentosa e que sabe o que falar, mas, segundo ela, não é só o fator 'mercado' que conta.

"Eu vejo dois lados nisso, o lado de alguém que é o profissional da música e depende financeiramente disso, mas também vejo o lado do chamado de Deus. Uma coisa que eu experimentei é que não precisei correr atrás de absolutamente, nada porque as portas foram se abrindo na medida em que Deus achava que elas deveriam ser abertas". 

"Deus é quem estabelece, Deus é quem remove e, como músicos, a gente precisa crer nisso, para não entrar em uma de querer se promover e forçar a barra com coisas que não vão ter fruto no final das contas. A gente tem que colocar as coisas nos devidos lugares e precisa esperar o tempo de Deus para tudo", diz a cantora.

Na entrevista, Nívea falou ainda do momento político que o Brasil se encontra e da importância do envolvimento do povo de Deus.

"Creio que a Igreja cristã precisa se unir. Os cristãos precisam se unir contra essa coisa que estão tentando fazer de limitar nossa expressão e colocar um breque naquilo que é nossa fé. Precisamos nos unir em prol disso. Mas eu também creio que o Senhor é o Senhor da História e que aquilo que acontecer, vai cooperar para que os planos dEle sejam concretizados na Igreja. A Igreja do Senhor Jesus não vai ser abalada pelas coisas que podem vir, porque ela não está estabelecida sobre homens, mas sobre Jesus... Precisamos nos unir e sermos uma voz nesse tempo, mas a gente precisa entender que os planos de Deus vão ser concretizados na Igreja, ainda que governos, pessoas ou ideologias se levantem contra", afirma.

Por Juliana Simioni

veja também