"O crente fiel não compra CD pirata", afirma Regis Danese

"O crente fiel não compra CD pirata", afirma Regis Danese

Atualizado: Quinta-feira, 20 Janeiro de 2011 as 4:46

Com apenas três meses após o lançamento de "Família" - o seu álbum mais recente -, ele já foi premiado com um disco de ouro e tudo indica que vá conseguir chegar rapidamente à marca do disco de platina. Assim pode-se definir a atual fase ministerial do cantor mineiro, Regis Danese. Após o estrondoso sucesso da música "Faz Um Milagre Em Mim" - faixa integrante de seu segundo disco -, o cantor se mantém nas paradas de sucesso com a música-tema de seu novo disco.

Em uma entrevista exclusiva ao Guia-me, Regis falou com espontaneidade sobre pirataria, imprensa, a produção de seu novo disco, o sucesso de sua nova música e a repercussão que ela já está rendendo.

Confira:

Guia-me: O seu disco “Família” - o mais recente – tem a intenção – entre outras – de mostrar a importância dessa instituição na vida do ser humano. O seu testemunho de restauração da sua família inflenciou na composição das músicas que tematizaram este trabalho?

Regis Danese: Com certeza. Isso me me fez lembrar a família que eu tinha antes e a que eu tenho hoje. A diferença da família que serve a Deus, comparando com a família que não serve, é grande. E hoje eu e minha casa servimos ao Senhor.

Guia-me: Ao lançar o CD “Família” você falou sobre suas expectativas quanto aos resultados dele dentro das famílias. Você já ficou sabendo de testemunhos em relação a isso, como lares que foram abençoados nesse sentido?

Regis Danese: "Distorcendo" um pouco o assunto e voltando no tempo, quando eu consagrei o CD "Faz Um Milagre Em Mim", eu não pedi para vender um milhão de cópias ou ficar em primeiro lugar. Eu falei: "Senhor, opera milagres"... e a gente rece milhares de testemunhos de milagres, pessoas curadas de câncer. Eu orei por uma menina em Limeira (SP), ela foi curada de câncer de medula, estava na cadeira de rodas e saiu andando. O pessoal da Rádio Gospel de Araras, da Igreja Quadrangular de lá tem tudo testemunhado, quem quiser entrar em contato com eles, lá tem tudo filmado também. Uma menina que estava a barriga da mãe, morta, ainda com 4 meses, os médicos tinham constatado que já não havia mais batimentos cardíacos, ressucitou. Mas aí um jornal do Rio de Janeiro publicou: "Regis Danese garante que sua música ressucitou um bebê". A imprensa escrita, o jornal secular distorceu. Eu não garanto nada. Só sei que a glória é de Deus, quem opera milagres é o Senhor Jesus, a honra e a glória são do Senhor, nós somos apenas instrumentos. Agora, respondendo à sua pergunta, nós lançamos o CD "Família", mas antes oramos, jejuamos e pedimos para Deus restaurar casamentos, restaurar famílias. Eu estava ministrando em Vitória (ES), no Jesus Vida Verão e profetizei sobre as famílias. Quando eu estava no hotel, tomando café, a moça que cuidava lá do restaurante falou: "Olha, eu estava com o casamento destruído e naquela noite, Deus restaurou o meu casamento". Ontem eu estava no programa Paz e Amor [em Fortaleza - CE] e eu falei: "Olha, foi um programa abençoando para as famílias e eu quero profetizar que através desse programa, muitas pessoas vão estar com as sua família restaurada, com o seu casamento restaurado". No dia seguinte uma mulher ligou na emissora, pedindo o endereço da igreja que eu estaria hoje, porque o marido dela queria se reconciliar com Cristo.

Guia-me: Com poucos meses após o lançamento desse trabalho, você já foi premiado com um disco de ouro. Em seu ponto de vista, o que poderia explicar um resultado assim?

Regis Danese: Parece rápido, mas a gente tem uma caminha longa, trabalhando muito... esse já é o quarto CD. Então eu atribuo isso a Deus. É Deus quem faz a obra, foi Ele quem colocou as nossas músicas na rádio secular, na televisão, por isso toda honra e glória ao Senhor Jesus. Ele não divide isso com ninguém.

Guia-me: Nesse disco você atuou não somente como intérprete e compositor, mas também participou da produção musical...

Regis Danese: Também compuz arranjos... com o "Faz Um Milagre em Mim" também foi assim...

Guia-me: E  isso te sobrecarregou de alguma forma ou você conseguiu distribuir bem essas tarefas ?

Regis Danese: No disco "Família"?

Guia-me: Sim.

Regis Danese: Eu paguei um preço alto. Eu passei um ano compondo e escolhendo o repertório. Até aí está tudo bem... É "fácil", você está em casa, "viajando" com a música, os meninos da banda foram lá para casa, me ajudar a fazer os arranjos... tudo bem, mas eu fiquei um mês no Rio de Janeiro, mixando uma música por dia, masterizando, a gravação foi muito minuciosa, mas eu tive a oportunidade de contar com o Flávio Senna - ele é das antigas, gravou o DVD da Ivete Sangalo no Maracanã, gravou com o Caetano Veloso, com a Cassiane também -, um profissional talentoso e um grande homem de Deus. Às vezes eu chegava lá abatido e ele vinha com uma palavra de ânimo para mim. Eu estava passando por um momento de decisão muito importante na minha vida e ele foi canal de bênção para mim. Eu aprendi muito com ele, também - musicalmente falando e como uma pessoa de Deus também.

Guia-me: Em matéria publicada pelo site da Line Records, o Sérgio Lima, diretor executivo da gravadora festejou o sucesso do CD "Família" e lembrou que superar 40 mil cópias em tempos de pirataria é motivo de celebração. Em sua opinião, o que uma gravadora pode fazer para se defender desse mal (pirataria)?

Regis Danese: Não tem como. A pirataria é crime, é pecado, não paga imposto... mas o meu CD estava com 100 mil cópias vendidas, quando foi pirateado, vendeu mais de 1 milhão (risos). A pirataria te "divulga". O crente fiel mesmo não compra CD pirata. Então a banquinha de CD pirata está tocando alí na esquina, está te divulgando e o crente verdadeiro compra o teu CD original.

Guia-me: Então não tem como evitar?

Não tem como. O meu CD, antes de sair já estava pirateado.

Por João Neto - www.guiame.com.br

veja também