O músico e a respiração

O músico e a respiração

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 4:43

No Salmo 150:6 está escrito: "Todo ser que respira louve ao Senhor". A respiração é a base do canto. Um cantor que não sabe respirar corretamente não controla bem a saída de ar e, conseqüentemente, não sustenta uma nota afinada por muito tempo entre outros problemas facilmente resolvíveis com uma noção básica de respiração.

A respiração correta é o segredo dos grandes cantores. Se você não respira direito, mesmo que não cante sempre, você está vivendo cansado e não sabe porquê.

EXERCITE: VEJA SE VOCE RESPIRA CORRETAMENTE

1- Coloque uma mão na barriga e a outra no peito: Inspire e expire. Observe qual das mãos vem para frente primeiro na inspiração. Se a da barriga vier para frente primeiro, parabéns! Se a do peito vier para frente, treine até conseguir respirar sem levantar os ombros e sem estufar o peito.

2- Solte todo o ar murchando a barriga. Fique algum instante sem respirar. Relaxe a barriga para fora deixando o ar entrar naturalmente sem forçar sua entrada. Se você fizer isso algumas vezes, perceberá que o ar entrará sozinho, pois sua entrada acontece naturalmente. (Esse exercício também serve para a elasticidade da musculatura).

DIAFRAGMA

- Muitos têm medo dessa palavra porque acham que somente os cantores possuem diafragma. Diafragma não é um jeito de cantar e não dá para ter ou não ter... pois bem... O diafragma é o principal músculo da respiração (de todos!) situado na base do pulmão, na altura do abdômen. Quando inspiramos, o tórax se alarga e o diafragma, contraído, fica numa posição baixa.

- Isto permite que o ar entre naturalmente em nosso corpo. Quando o ar sai na expiração, o diafragma sobe. Simples assim, porém complexo. A função do diafragma é impulsionar e controlar a saída de ar para a vibração das pregas vocais (cordas vocais).

- Para a produção da voz é importante pensar na respiração como um único movimento.

- O cantor sempre está numa atitude de inspiração, mantendo o tórax aberto e o diafragma abaixado.

- Nessa condição ele tem todo o controle (apoio) necessário para cantar. Apoio vocal quase sempre quer dizer diafragma.

EXERCITE: PARA CONHECER MELHOR O DIAFRAGMA E FORTALECER A MUSCULATURA

1- Coloque as duas mãos na cintura, esvazie todo o pulmão fazendo SSSSSSSSS (contínuo) durante a expiração. A cintura deve empurrar sua mão para fora enquanto faz SS. (A sensação que você sente é o diafragma expandindo). Repita o mesmo exercício fazendo SS curtos ainda com as mãos na cintura. Ex: S S S S. (Cada som é como se quisesse alargar mais a cintura).

2- Agora junte os exercícios 1 e 2 fazendo 2 SS curtos e 1 longo Ex.: S-S-SSSS / S-S-SSSS.

3- Conte até 3 e inspire em um tempo. Ex: 1-2-3 - inspira, 1-2-3 - inspira. Depois aumente a contagem para 5 sem aumentar o tempo de inspiração entre as contagens. Ex: 1-2-3-4-5 inspira, 1-2-3-4-5 inspira.

4- Aumente para 8, 10, 12... O quanto agüentar em um tempo somente para inspirar. (Esse exercício é excelente quando temos que pegar muito ar em pouco tempo na música.)

5- Todo cantor deve construir sua voz a partir do zero. Isso não quer dizer que você não sabe usar seus pulmões para respirar, mas talvez não saiba usá-los de maneira correta para cantar.

PREGAS VOCAIS

As pregas vocais ou cordas vocais estão situadas na laringe. A voz é produzida pelas pregas vocais que, ao vibrarem com a passagem do ar dos pulmões em direção a boca, produzem o som (basicamente é isso).

O ESTUDO DO CANTO

Não adianta ler este artigo e não praticar os exercícios. Os exercícios são para que você possa avaliar como anda sua respiração e seu apoio vocal. Não coloque uma barreira quando tiver que estudar. Faça os exercícios todos os dias que puder e logo se acostumará com a respiração correta. E, mesmo que não tempo tanto tempo, 5 minutinhos você tem. Então, mãos a obra!!!

Por Kelen Franco - cantora, arranjadora e preparadora vocal

veja também