Pregador Luo planeja pausar carreira no futuro: “Daqui três anos penduro meu mic””

O cantor disse em entrevista ao The Music Journal Brazil que não irá fazer rap para sempre.

fonte: Guiame, com informações da MTV

Atualizado: Segunda-feira, 18 Setembro de 2017 as 4:44

O novo disco de Luo contou com participação especial de Luciano Claw e do grupo KLB. (Foto: Divulgação).
O novo disco de Luo contou com participação especial de Luciano Claw e do grupo KLB. (Foto: Divulgação).

O rapper cristão Pregador Luo surpreendeu seus fãs com uma notícia que pode definir sua carreira. Em entrevista para o site The Music Journal Brasil, da MTV, ele foi questionado sobre as parcerias musicais que fez em seu último projeto, o CD Retransmissão. O disco contou com a participação especial de Luciano Claw e do grupo KLB, o que por si é surpreendente.

Luo explica: “O Claw me acompanha desde que ele era um garoto. Ele é um músico nato. No final dos anos 90, fizemos as primeiras produções juntos num teclado que tinha drive de disquete, onde salvávamos a música lá e eu levava para o estúdio para gravar voz, editar e mixar. Um cara importante desses na minha vida, não podia ficar de fora”, pontuou.

Já sobre o trio KLB, que explodiu em 2000 e já vendeu 7 milhões de discos, o rapper conta como os conheceu. “São meus irmãozinhos também. Treinávamos MMA na mesma academia e os conheci em 2004. Em 2006, me chamaram para gravar a música ‘Obsessão’ com eles e a música estourou no Brasil todo”, disse.

“Fui em tudo que é programa de TV com eles e em alguns shows também, ficamos amigos de viajar juntos, de visitar e até deles passarem a frequentar a mesma igreja que frequento. Incluir esses manos e mais alguns outros em meus próximos dois ou três trabalhos já é uma forma de ir se despedindo do rap e aproveitando para estar mais uma vez junto com pessoas que me ajudaram a ser quem sou e a criar um movimento novo”, colocou.

Luo ainda ressalta: “Não vou fazer isso para sempre, daqui mais uns três anos penduro meu mic”. Vale lembrar que o trio KLB, formado pelos irmãos Kiko, Leandro e Bruno, já regravaram a música “Mighty to Save” da banda Hillsong em 2011 no disco KLB 3D.

Retransmissão

Sobre as canções escolhidas para o CD Retransmissão, Luo responde: “A escolha foi fácil, tratei de preparar minha mente para não se perder em dilemas, simplesmente pensei nas músicas e decidi que elas eram as mais acertadas para o momento. Já sofri demais pensando no que compor ou escrever, hoje não mais. Eu confio na minha intuição”, contou.

“O título ‘Retransmissão’ veio da demanda por música que não seja descartável. Vou explicar melhor, mesmo que muita gente não conheça meu trampo, já to aí há mais de 25 anos. E reparei que tem músicas minhas de mais de 22 anos que são cantadas por adolescentes de 17 e crianças de 8, 7, 5 anos, ou menos. Para quem me valoriza, minha música é atemporal”, disse.

“O discurso, que é muito mais que imposição doutrinária, realmente, muda vidas. Chegam pais de família nos meus shows na faixa dos 40, 45 anos que se formaram homens curtindo meu som e colocaram seus filhos para escutar desde bebês. Esses garotos chegam nos shows com filhos de 5 anos, ou mais, no colo e essas crianças também já cantam e gostam do meu som. Olha que responsa: pai, filho e neto na mesma sintonia por minha causa. Mais do que um legado, isso é uma Missão, por isso RetransMISSÃO”, respondeu o cantor.

Ouça o disco "Retransmissão" no Deezer:

veja também