Rick Ross estaria distorcendo as Escrituras e depravando o Espírito Santo

Rapper causa polêmica por música sobre o Espírito Santo

Atualizado: Quinta-feira, 19 Janeiro de 2012 as 2:28

O rapper afro-americano, Rick Ross, 37 anos,  recentemente causou polêmica com o lançamento de sua canção intitulada: “Holy Ghost” (Espírito Santo), que se refere ao Espírito Santo. O motivo da polêmica é que Ross estaria distorcendo as Escrituras e depravando o Espírito Santo ao usá-lo como um consultor para ajudá-lo a levá-lo ainda mais ao pecado.
No primeiro verso da canção demonstra Ross, como um cristão auto-proclamado, desfrutando das riquezas, sentado em Bugatti (carro de luxo) como acontece em uma transação de drogas.
Ross proclama que a “morte esta quebrada” e que é “raiz de todo mal”, ao invés do amor ao dinheiro e ao tentar esquivar da policia ele apela pela intervenção do Espírito Santo.
Depois de pronunciar uma serie de obscenidades, o rapper diz em sua canção: “Você vê, eles odeiam o que eles não entendem Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem.”
Na mesma canção Ross apresenta Sean P. Diddy Combs, que também professa ser um cristão. Após o primeiro verso de Ross, Combs aparece na canção dizendo uma oração em que amaldiçoa em várias ocasiões.
Além de tráfico de drogas, Ross também fala de uma overdose de drogas e sexo antes do casamento, enquanto ele e  Combs, pedem a Deus para que perdoe aqueles que estão atrás deles, porque “eles não sabem o que fazem.”
Muitos não acreditam que Ross, esteja distorcendo as escrituras e fazendo essa referencias, por ignorância, mas por um “falta de respeito” a fé cristã.
A canção de Ross aparece após uma serie de canções que causaram polêmicas em 2011, como por exemplo da cantora Laddy Gaga com a canção Judas.

veja também