"Somos pessoas normais, humanos, filhos de Deus, temos nossos defeitos,qualidades e chamados", diz Mariana Valadão

"Somos pessoas normais, humanos, filhos de Deus, temos nossos defeitos,qualidades e chamados", diz Mariana Valadão

Atualizado: Terça-feira, 29 Setembro de 2009 as 12

Por Nany de Castro - http://www.guiame.com.br/

Filha do pastor presidente da Igreja Batista da Lagoinha, Pr. Márcio Valadão;  e irmã caçula de André e Ana Paula Valadão, Mariana cumpre o seu chamado. Atualmente, divulgando seus CDs " Mariana Valadão" e "De Todo meu Coração", primeiro trabalho pela Graça Music, a cantora acredita que tem cumprido o propósito de Deus para sua vida.

Em entrevista exclusiva ao Guia-me, Mariana falou sobre seu novo trabalho, contou como é pertencer a uma família com grande visibilidade no meio evangélico e avaliou a responsabilidade de um ministro de louvor.

Guia-me: Seu primeiro CD era composto em grande parte por versões de músicas internacionais. Como está seu novo trabalho, em relação às composições?

Mariana Valadão: Esse CD, "De Todo o Meu Coração", tem muitas músicas minhas. Eu e meu esposo, em nossa intimidade em casa. A gente ganhou um piano. Então, nas madrugadas, Deus foi gerando esse CD. Temos três canções com um amigo meu, que é o Thalles Roberto, homem de Deus que agora está com Jesus a todo o vapor.Tem uma parceria com o missionário R.R.Soares, a música "Agora é Festa", que diz que a vida do crente é só alegria.

Guia-me: Fazer parte da família Valadão traz muita responsabilidade a você?

Mariana: Nós somos pessoas normais, humanos, filhos de Deus, temos nossos defeitos, qualidades e chamados. A nossa família tem um chamado específico que Deus deu para nós, e a cada um individualmente. A minha vida é diferente da minha irmã e do meu irmão, porque Deus tem algo específico para mim. Quero que Deus nos levante como referência, bênção na vida das pessoas.

Guia-me: Quando foi o momento em que você decidiu percorrer uma carreira musical solo?

Mariana: Eu tinha medo de viver o que vivo hoje. Eu queria ter convicção do tempo certo. No Diante do Trono, na gravação do "Quero me Apaixonar", eu cantei a canção "Quero Tocar-te". Então, sempre o pessoal dizia: "Mari, quando vai sair um CD com sua voz todinha?". Eu falava : "Vai ser no tempo certo do Senhor". Deus diz que a paz dele é o árbitro do coração, então, eu lutei contra os medos e a minha insegurança, pelo Poder do Senhor, e a Paz dele veio. As portas de Deus se abrem quando é o tempo certo. Então veio o primeiro CD, que foi uma bênção. A paz de Deus foi o centro no meu coração, no do meu esposo, no dos meus pais e aí foi onde tudo começou.

Guia-me: O que acredita ser necessário para que um ministro de louvor seja bem-sucedido?

Mariana: A gente precisa ter o equilíbrio em tudo em nossa vida. Em primeiro lugar, a gente tem que ter a presença de Deus em tudo. E ter a excelência de trabalho, de show, em tudo o que a gente faz, porque é para Deus. Temos que ter direção e discernir a voz de Deus, há tempo para tudo. Numa ministração, a gente não pode fechar o olho e dizer: "Adora aí gente". O ministro de louvor tem que levar as pessoas, temos que ministrar ao coração delas aquilo que Deus ministrou ao nosso. Tendo a direção de Deus e a palavra certa para aquele lugar, para a aquela cidade e igreja.

Foto de Getúlio Camargo

veja também