"Sou um Servo de Deus, marido e pai", diz Marcelo Aguiar

"Sou um Servo de Deus, marido e pai", diz Marcelo Aguiar

Atualizado: Segunda-feira, 22 Agosto de 2011 as 3:33

Marcelo Aguair é conhecido nacionalmente pela canção “Me Dá Poder de Filho” e também por suas participações nos projetos do Renascer Praise onde sempre se destaca com interpretações marcantes.

Agora, já como integrante do cast da gravadora Sony Music, o cantor e compositor lança seu mais novo trabalho, o álbum Somente Deus.

Com produção de Reinaldo Barriga, produtor e arranjador que já trabalhou com artistas do cenário sertanejo como Chitãozinho e Xororó, Christian e Ralf, Daniel, Zezé di Camargo e Luciano, entre outros, Somente Deus conta com uma nova roupagem para o projeto musical de Marcelo Aguiar trazendo um claro amadurecimento em sua carreira.

O álbum conta com 10 faixas inéditas, em sua maioria com composições do próprio intérprete.

As influências sertanejas são muito presentes no novo trabalho de Marcelo Aguiar. Na verdade, Reinaldo Barriga conseguiu imprimir uma marca sertaneja em diferentes estilos musicais presente no disco e Marcelo nos presenteia com canções de adoração, pop, folk e baladas, mas sempre com a pitada das raízes interioranas.

Confira abaixo nossa entrevista exclusiva.

Quem é Marcelo Aguiar? Em primeiro lugar, sou um Servo de Deus, marido e pai. Cantor apaixonado pelo meu trabalho e um representante da população.

Você ficou conhecido nacionalmente através canção “Me Dá Poder de Filho” e também por suas participações nos projetos do Renascer Praise, onde sempre se destaca com interpretações marcantes. Agora está de volta, lançando um novo disco, desta vez pela Sony Music Gospel. Quais são as suas expectativas em relação a essa nova fase? É como você mesmo disse: "Uma nova Fase". Creio que Deus sempre tem o novo para nossas vidas. Estou muito feliz com as minhas atuais atividades e o recém lançado CD "Somente Deus" pela Sony. Minhas expectativas daqui pra frente são as melhores possíveis, pois creio que Deus esta no controle e continuará abençoando, como já tem feito até agora. Estamos trabalhando muito na divulgação desse novo disco e logo teremos um grande show de lançamento.

Em que consiste o repertório de "Somente Deus"? Qual a vertente? Quais os estilos? Este projeto já estava no meu coração a um bom tempo. Porém, devido a outros compromissos, a execução dele aconteceu somente neste ano. Primeiro foi a escolha do repertório e pré-produção. As letras falam muito sobre o amor de Deus e a Fidelidade do Senhor. A sonoridade deste trabalho esta diferente em relação aos anteriores. Escolhemos os músicos a dedo e cada uma das melodias foram executadas com uma roupagem bem moderna. Temos vários estilos como sertanejo universitário, adoração, rock, pop, etc.

Demorou muito para reunir o repertório do disco? E o público. Como esta sendo a recepção das igrejas? O que as pessoas tem comentado com você em relação ao álbum? A escolha do repertório foi um tempo de muita oração e busca da direção do Senhor. Aconteceu na maior parte do tempo na sala da minha casa, com alguns amigos que colaboraram muito. Não demoramos muito para criação do repertório. Deus foi muito generoso conosco. As letras foram definidas segundo experiências minhas com Deus e o tema que mais gosto de cantar: a Palavra de Deus. Graças a Deus temos recebido muitos elogios e testemunhos de pessoas que tem escutado o disco, isso sem dúvida é a melhor parte de todas!

Quais as principais diferenças em relação a sua sonoridade hoje? Com certeza hoje está mais madura. Com as experiências do dia-a-dia nos eventos, vão surgindo ideias e propostas novas. Neste trabalho novo trazemos uma linha mais moderna do sertanejo que com certeza vocês vão gostar.

Reinaldo Barriga é um produtor que já trabalhou com diversos artistas do cenário sertanejo como Chitãozinho e Xororó, Christian e Ralf, Daniel, Zezé di Camargo e Luciano e, mais uma vez, assina o teu novo trabalho. Como é trabalhar com ele? Pra mim sempre é uma honra trabalhar com o Reinaldo Barriga. Ele é muito experiente, e sempre compra as nossas idéias. Ele produziu meus CDs anteriores e não poderia deixar ele de fora deste projeto tão especial.

 Você pretende investir na produção de vídeo clipes? Como você enxerga essa ferramenta dentro do seu ministério? Já gravamos um DVD (Coração de Adorador), foi um projeto lindo que gravamos em São Paulo. Fez muito sucesso, tanto que agora a Sony Music pretende relançar. Eu acho muito importante essa ideia da música associada ao vídeo, e com certeza a Sony já esta pensando nisso para este meu trabalho. Quero gravar um DVD novo neste ano ainda, ou no começo do ano que vem.

Hoje em dia, a ferramenta mais acessível economicamente, sem dúvida alguma, é a internet e o primeiro passo é contratar um profissional de web para cuidar de todo o seu projeto digital. A Sony Music tem se destacado na produção de seu cast. Quais as suas expectativas em relação a Identidade Visual que foi criada em torno do seu estilo? O Lincoln Baena, que desenvolveu a arte do CD fez um trabalho incrível, eu gostei muito. Agora todo esse visual desenvolvido está sendo aplicado em tudo que faremos daqui pra frente. Sempre em meus projetos usamos a identidade visual do álbum no site e demais plataformas, dessa vez não será diferente. Sempre padronizamos para facilitar a identificação do nosso site, do CD, do Twitter, Facebook, etc. Inclusive eu mesmo respondo todos os recados que me mandam, acesso o Facebook, gosto muito dessa interatividade pela internet. Pra mim é essencial no meu trabalho!

Musicalmente falando, o que te influenciou e o que te influencia ainda hoje? Musicalmente sempre fui muito eclético e nunca me limitei exclusivamente à música sertaneja. Falando de música secular, são tantos os nomes que me influenciaram. Desde Milionário & José Rico, Chitãozinho & Xororó, Zezé Di Camargo & Luciano, até mesmo nomes da música Country como Willie Nelson e Dixie Chicks. Falando de música gospel, admiro o trabalho de muitos cantores: Cassiane, Davi Sacer, Kleber Lucas, Fernanda Brum, Renascer Praise, Diante do Trono, Michael W. Smith, Jimmy Needham...enfim, muitos são os nomes e que fazem um trabalho maravilhoso.

Qual a sua opinião em relação ao mercado de pirataria de CDs e download ilegal de músicas? Eu sou contra tudo o que ilegal. A palavra de Deus diz em Jeremias 22:13 “Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho”. Então, eu sou contra a pirataria. O Download ilegal, nada mais é do que a pirataria digital, a pirataria do futuro. O Download legal é o futuro da música, então sou a favor do download legal.

A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que vocês acha dessas novas opções de mídia? A internet no Brasil esta crescendo e precisamos nos adaptar a essas inovações para conseguir atingir o público que queremos. Sem contar que as redes sociais, como você citou, são ferramentas que podem ser muito bem usadas para evangelismo e divulgação da ideias. Estou a cada dia me interando dessas ferramentas. Como já respondi anteriormente, utilizo todas essas ferramentas pessoalmente, sempre respondo recados, escrevo o dia todo no twitter, curto muito essas modernidades! Risos.

Para encerrar, além da divulgação do novo disco, quais são os seus projetos para este final de 2011? Estou focado agora na divulgação de Somente Deus. Estamos viajando todo o Brasil levando essas canções e abençoando as vidas. Outro projeto que está para ser lançado é o CD e DVD "100 anos do Pentecostalismo no Brasil". Creio que ele estará disponível ainda esse semestre. Logo teremos novidades sobre um novo DVD, show de lançamento do CD, vamos sempre atualizar vocês sobre as novidades!    

veja também