Vamos ficar firmes com as nossas convicções, diz Ana Paula Valadão

Vamos ficar firmes com as nossas convicções, diz Ana Paula Valadão

Atualizado: Segunda-feira, 26 Setembro de 2011 as 3:44

Nas últimas semanas o assunto mais comentado entre os evangélicos foram os vídeos gravados que mostram os bispos da Igreja Universal do Reino de Deus, inclusive o bispo Edir Macedo, dizendo que a cantora Ana Paula Valadão estava possuída por demônios, isso porque durante o congresso de louvor e adoração realizado na Igreja Batista da Lagoinha, a líder do Diante do Trono foi ungida por um pastor e “caiu pelo poder do Espírito”.

Em um dos vídeos o fundador da IURD disse que 99% dos cantores evangélicos eram endemoniados e através do Twitter vários cantores se defenderam e também prestaram apoio à cantora que mais foi atingida sendo exposta nos programas de TV. Mas apesar de se mostrar chateada com as acusações, Ana não devolveu o ataque com novos ataques, pois para ela essas críticas fazem parte das diferenças que existem dentro da Igreja.

“As críticas fazem parte, porque nós somos um corpo, nós somos diferentes, cada parte do Corpo de Cristo é diferente e às vezes eu não os entendo e a outra parte também não me entende”, comentou a cantora com a equipe do Gospel Prime.

Para os dirigentes da  IURD as manifestações pentecostais de “cair no Espírito” ou ser “tomado pelo Espírito” não são aceitas, inclusive esses atos foram comparados com rituais de religiões afro-brasileiras em um outro vídeo. Esse tema é bastante criticado nos programas da IURD TV e também no Blog do bispo Edir Macedo que diz enfaticamente que o Espírito Santo “não derruba, mas levanta as pessoas”.

Sobre isso Ana Paula diz: “vamos ficar firmes com as nossas convicções”. A Igreja Batista da Lagoinha é uma igreja pentecostal onde as diversas manifestações são aceitas, como cantar e falar em línguas espirituais e cair com a unção do Espírito.

Ana Paula confessa que ficou bastante chateada com os comentários, mas que aprendeu a lidar com eles. “Ela [a crítica] dói, mas ela faz parte”, encerra a cantora.

veja também