Vivian Lazzerini - Introdução ao Ministério de Dança Infantil

Vivian Lazzerini - Introdução ao Ministério de Dança Infantil

Atualizado: Segunda-feira, 15 Dezembro de 2008 as 12

Devemos assegurar que o trabalho com crianças não é brincadeira ou um passa-tempo (Jr. 48.10). Cada criança deve ser gerada no mundo espiritual com muita oração, na obediência e dependência de Deus.

Devemos crer que os frutos serão dados, trabalhando sem olhar para trás.

Passos para uma Equipe Viva:

1. Ore e Jejue - Thiago 5:16b. - A unção é mais que o método;

2. Ame cada criança - O amor por elas motivará o crescimento. I Cor. 13;

3. Tenha intimidade com o Espírito Santo, convivência (Am.3:7 e Sl. 25:14) e dependência - Só Ele sabe o que cada criança precisa e te inspira a fazer o melhor trabalho. Busque uma unção nova de Deus a cada aula. As crianças são sensíveis e sabem quando Ele está agindo. Isto fará com que eles permaneçam;

4.Dê as crianças o devido valor e mostre que a vida espiritual é coisa séria e importante para a criança também. A grande vantagem de se trabalhar um ministério infantil é que a criança já tem a pureza de um adorador dentro de si (Mt. 19:14). Sendo assim, o papel do líder não é o de tirar o mundo de dentro dela, e sim o de não deixá-lo entrar;

5. Tenha definido o dia, horário e local das aulas. Cuidado com atrasos ou mudanças de dias e horários, elas precisam aprender o que é disciplina e isso começa pelos líderes;

6. Lembre-se sempre de usar a linguagem infantil. Tanto as palavras quanto exercícios são diferenciados quando se trata de crianças;

7. Deixe claro desde o início qual é o papel dela neste ministério, o que ela está fazendo ali, qual sua importância e o poder que ela tem em suas mãos. Esteja sempre observando que tipo de expectativas ela desenvolve no decorrer das aulas e eventos. Leve-as a crerem no que podem produzir para Deus. Este trabalho não é apenas para formar bailarinos, e sim o de discipular crianças através da dança e levá-las ao fator principal: A adoração pura e com excelência.

Proposta de Roteiro

Abertura: Dinâmica, com o objetivo de preparar o ambiente.

Oração: Consagrando a Deus este trabalho e ensinando cada uma delas a sempre colocar Deus à frente de todo e qualquer trabalho.

Alongamento: Todo enriquecido de uma linguagem super especial para que as crianças gravem e sintam-se à vontade durante os exercícios.

Diagonal: Exercícios para prepará-las para as coreografias, assim elas adquirem mais facilidade para decorar os movimentos e trabalhar o ritmo.

Aula Específica: Disciplina e Reverência. Elas precisam entender que o ensaio já é o momento de adoração, leve-as a separar as coisas, o momento de descontração para o momento de seriedade.

Composição Coreográfica: Monte uma pequena coreografia para as crianças colocarem em prática tudo o que aprenderam. Inclusive, neste momento também é bom ensiná-las sobre adoração espontânea.

Esfriamento Corporal: Momento de relaxamento dos músculos. Neste tempo, é interessante fazer uma oração de agradecimento.

Este trabalho visa abordar técnicas necessárias para aprimorar com excelência a arte da dança, aproveitando a pureza do coração da criança para se resgatar a adoração com danças, crendo nesta nova geração que está sendo levantada por Deus para nos levar a plenitude da adoração.

Colaborou: Priscila Costa (Cia Vivian Lazzerini Kids de Dança)

Mais informações: www.vivianlazzerini.com.br

Vivian Lazzerini é dançarina profissional, começou a fazer aulas desde os sete anos de idade. Cursou Jazz no The American Ballet Center, The Office School Of The Joffrey Ballet, através da Academia de Ballet Iris Ast, em Nova York. Atuou em diversas peças musicais. Em 2005, lançou o primeiro DVD de dança cristã no Brasil.

veja também