VJs de Cristo da LouveTV é destaque na Revista Veja

VJs de Cristo da LouveTV é destaque na Revista Veja

Atualizado: Segunda-feira, 28 Novembro de 2011 as 10:51

Apesar do crescimento vivido pelo mercado de música gospel nos últimos anos, os videoclipes do gênero, até outubro, ainda não tinham um canal para chamar de seu. A veiculação de músicas evangélicas dividia o tempo de transmissão, tanto em canais como o Rede Gênesis quanto em sites como o New Gospel, com os cultos religiosos.

Foi de olho nisso que o publicitário e diretor de vídeo David Almiron resolveu criar a LouveTV, um canal gospel on-line integrado a uma rede social. A iniciativa se molda ao hábito dos jovens, que hoje vão ao Twitter comentar o que veem na TV e usam a internet para compartilhar fotos e ideias, além de responder à já tradicional questão feita pelas mídias sociais, “Em que você está pensando agora?”.

Na programação da LouveTV, estão músicos de diversos ritmos, do rock ao axé, e compositores de canções “com mensagens” – como são chamadas pelos crentes as letras de cunho religioso – de todas as Igrejas evangélicas. Na plateia, predominam jovens de doutrinas evangélicas, mas há também outros credos. Entre os cadastrados que forneceram sua religião, dado não obrigatório para a entrada no site, 79 se disseram católicos, um número pequeno mas suficiente para mostrar que o gospel pode arrebanhar fiéis também em outros templos.

Não que lhe falte potencial para movimentar cifras e audiência. Desde 10 de outubro, quando foi lançado, o canal recebeu mais de 300.000 visitas e quase 13.000 cadastros. O patamar é muito superior à meta que Almiron e seus sócios – o diretor de arte Lêka Coutinho, o fotógrafo Alberto Vilar, o diretor de informática Eduardo Rodrigues e o diretor financeiro Evandro Paiva – tinham para a fase beta do site. Nessa etapa, que é a atual, eles planejavam ter apenas 100 usuários para com eles testar tecnologias e resoluções para a transmissão de vídeos.

Os cinco sócios investiram cerca de 1 milhão de reais de recursos próprios para levar o projeto adiante, e vêm se desdobrando em jornadas duplas para pagar contas particulares enquanto o site não entra no azul. Lucro, só esperam para 2014, mas por ora comemoram outros ganhos. O LouveTV fechou parceria com todas as grandes gravadoras do ramo, como MK Music (sem ligação com Igrejas), Line Records (ligada à Universal do Reino de Deus) e Sony (major secular que este ano criou um selo para o segmento), para exibir videoclipes. E a multinacional convidou Almiron e seus sócios para um projeto que dará publicidade ao site, o Louve Acústico, ainda sem data.

O próximo passo do site, aliás, é esperar o público ganhar corpo para analisar dados de acesso e comportamento dos usuários e procurar anunciantes. A seleção das empresas seguirá os critérios editoriais do projeto: bebidas e cigarros, naturalmente, ficarão fora.    

veja também