Você sabe como funciona um piano?

Você sabe como funciona um piano?

Atualizado: Quarta-feira, 15 Fevereiro de 2006 as 12

Você sabe como funciona um piano?

O pianista  Abraão Lincoln fala sobre o assunto. Confira! 

Abraão Lincoln

[email protected] Pode-se argumentar que o piano é um instrumento de cordas, ainda mais que seu som é produzido pela vibração de cordas. Mas, na classificação tradicional dos instrumentos ele sempre foi um membro da família dos teclados. A mecânica do piano consiste na maneira como as teclas levam os martelos a bater nas cordas. O som do intrumento - seja redondo e suave, seja agudo e entrecortado ? depende muito da qualidade da mecânica, que deve ser sensível e, muito importante, ter o peso certo. Uma mecânica pesada pode deixar o pianista esgotado, pois e exigido muito esforço para pressionar as teclas. A mecânica leve a principio parece mais fácil de manejar, mas o executante pode acionar teclas erradas involuntariamente. É muito importante que todos os martelos tenham o mesmo peso e estejam à mesma distancia de suas respectivas cordas ? caso contrario algumas notas soaram mais rapidamente que outras. O som produzido pela vibração das cordas é amplificado pela tabua harmônica, que funciona como um diafragma para melhorar a ressonância do instrumento.A caixa de madeira ou gabinete funciona como caixa de ressonância e ajuda a ampliar o som. A tampa no alto do gabinete pode ser aberta para aumentar o volume do som.

Gabinete

Moldura

A estrutura de ferro possibilita um alto grau de tensão das cordas, e que contribui para a

capacidade de ressonância do instrumento e ajuda a manter a afinação.

Cravelhas de metal

Há uma para cada corda.

Pinos metálicos de fixação   São pianos nas extremidades inferior da moldura em que se fixam as cordas.

Cordas cruzadas   As cordas colocadas diagonalmente são mais compridas e vibram com mais forca, o que faz o instrumento soar mais alto.Esse sistema ajuda também a distribuir a tensão das cordas na armação de ferro.

Martelos

A pressão na tecla faz o martelo percutir a corda.

Abafadores

Protegem as cordas de vibrações indesejadas. Qdo uma tecla é pressionada, o abafador correspondente se eleva e, quando ela é liberada, o abafador volta para seu lugar.  

Pedal esquerdo (surdina)

Leva os martelos para mais perto das cordas impedindo que percutam as cordas com muita potencia (produzindo um som mais suave). Alguns pedais acionam um pedaço de feltro que se interpõe entre os martelos e as cordas para amortecer o som.

Pedal direito (forte)

Afasta todos os abafadores das cordas, não importando que teclas foram impressionadas, permitindo que a nota ou acorde continue soando mesmo depois de se retirar as mãos das teclas.

Observação: Todos os materiais usado na fabricação do instrumento precisam ser da mais alta qualidade para suportar muitos anos de árduo trabalho. É importante que o piano seja afinado regularmente. O afinador ajusta a tensão das cordas apertando ou afrouxando as cravelhas.

Abraão Lincoln  é pianista atuante. Atua como pianista correpetidor em diversos coros. Leciona e em diversas escolas e categorias musicais. É Bacharel em Música Sacra com especialização em piano pela FAC. Teológica Batista e FAC FITO.

   Leia também:

A História do Piano Como Funciona o Piano Como é feito um Piano

Como é Tocado o Piano  

veja também