MENU

Ações de bancos caem e bolsa de Atenas tem forte recuo

Ações de bancos caem e bolsa de Atenas tem forte recuo

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 10:48

No dia seguinte ao da reunião da cúpula da União Europeia neste domingo (24), o mercado grego reage mal às declarações dos líderes. Eles disseram que novas medidas para a Grécia foram discutidas e que o país poderá precisar de reformas adicionais. As negociações sobre um possível pacote de resgaste ao bloco europeu seguirão até quarta-feira (26).   Ao contrário das bolsas asiáticas , que mostraram otimismo com a possibilidade de resolução para a crise do bloco europeu, a Bolsa de Atenas operava em forte baixa. Perto das 8h30, o índice de ações caía 4,70%. O recuo é consequência da queda vertiginosa das ações dos bancos gregos em virtude das preocupações sobre as consequências para a economia de um desconto importante dos títulos da dívida grega.

Os valores bancários registravam perdas de entre 15% e 20%.

Apesar de a Grécia mostrar fortes baixas, as bolsas de outros países seguiam com valorização. Em Londres, a alta era de 0,58%; em Frankfurt, de 0,79%, em Paris, de 0,27%; em Madri, de 0,27% e, em Lisboa, de 1,36%.

Protestos

O parlamento grego aprovou, na última quinta-feira (20), um novo pacote com medidas de austeridade que buscam melhorar as precárias contas públicas do país, reduzindo o déficit de 10,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010 para 8,5%. A aprovação ocorreu em meio a violentos protestos do lado de fora do parlamento, em Atenas.

O plano prevê cortes de receita, previdência e mais impostos, demissões de funcionários públicos e redução de salários no setor privado.

A implantação das medidas deve permitir arrecadar 7,1 bilhões de euros adicionais nos próximos 27 meses, e é crucial para que o país receba uma nova parcela do plano de resgate do Fundo Monetário Internacional (FMI) e União Europeia, destinado a evitar a falência da Grécia e impedir que a crise se espalhe para outros países da zona euro.        

veja também