MENU

Adquirir outras franquias, em segmentos diferentes, é uma maneira de diversificar as atividades e aumentar os rendimentos

Superfranqueados lucram com lojas de várias marcas ao mesmo

Atualizado: Terça-feira, 19 Junho de 2012 as 8:40

Uma das características de pessoas empreendedoras é a vontade de encarar novos desafios. Por isso, quando um franqueado vê seu negócio estabilizado e dando o retorno desejado, é até natural que ele busque outras realizações. Adquirir outras franquias, em segmentos diferentes, é uma maneira de diversificar as atividades e aumentar os rendimentos.


É o que faz o empresário Porfírio Costa, dono de cinco unidades da escola de idiomas CNA, de duas unidades do salão de beleza Werner Coiffeur e de uma unidade da pizzaria Patroni Pizza. As escolas de idiomas foram sua estreia no mercado de franquias, com a primeira inaugurada em 2007, e até hoje são os negócios em que ele mais se envolve na administração.


A ideia de diversificar a área de atuação surgiu por causa da saturação do mercado de cursos de idiomas no Rio. E ele optou pelo salão de beleza, já que sua cunhada tinha experiência na área. “Para escolher a franquia em que eu vou investir, faço uma análise do mercado, para ver se há demanda, e escolho a marca pelo seu tempo de atuação e pela sua rentabilidade”, diz.
Na terceira franquia em que apostou, contou com a ajuda de um amigo com experiência na área de restaurantes, que cuida da administração. “Apesar de participar mais da operação do CNA, todos os meus negócios são próximos uns dos outros, o que me ajuda a estar presente em todos”, afirma.


Na opinião de Costa, capacidade de liderança e equipes confiáveis são características essenciais para manter todos os negócios sob controle.


Liderança e confiança nas equipes são fundamentais

Claudio Felisoni, presidente do conselho do Programa de Administração de Varejo da FIA (Fundação Instituto de Administração), diz que para gerir várias franquias em segmentos diferentes é necessário estar disposto a acompanhar os negócios ou ter uma estrutura que ajude nessa tarefa.


“Todas as pessoas têm competências limitadas, por isso, é importante buscar apoio especializado. Além disso, é preciso ter mecanismos de monitoramento financeiro”, afirma Felisoni.

Empreendedor deve buscar negócio que combine com o seu perfil

Com dez lojas da franquia Contém 1g e quatro da marca própria de “frozen” iogurte Yoguti, Alberto Yoguti tentou diversificar investindo na franquia Domino’s Pizza, a convite da franqueadora. Entretanto, um ano depois, ele deixou o negócio por perceber que não era sua especialidade.


“Tenho experiência em liderança de equipes e gestão de varejo com foco em shopping center. O modelo da Domino’s é lojas de rua e delivery, completamente diferente do que eu estou acostumado. Consegui aumentar o faturamento da unidade, mas percebi que não era o negócio ideal para o meu perfil”, declara.


Yoguti acompanha de perto a gestão de suas lojas, contando com o apoio de gerentes de operação. Ele diz que continua procurando novas franquias para investir, desde que tenham a ver com suas competências.

Experiência e alinhamento aos seus valores ajudam na decisão


Marco Antônio Murara, analista técnico do Sebrae-SC, diz que para escolher as franquias nas quais investir é preciso considerar, além do conhecimento do franqueado, seus valores e princípios. “Um evangélico, por exemplo, não montará um sex shop, mesmo que tenha grande probabilidade de retorno”, declara.


O empreendedor, porém, não precisa ser especialista na área de negócios em que está apostando. “O franqueado tem que ser especialista em administração, em buscar resultados, mas é bom ter um conhecimento mínimo da área de atuação para não ser enganado por fornecedores e funcionários”, afirma Murara.


Ele diz que investir em áreas diferentes é positivo, pois se um dos setores tiver uma queda, é possível ter rendimentos em outro. “Tudo depende do perfil do empresário. Se ele for centralizador, não conseguirá delegar a coordenação dos negócios para outras pessoas e também não dará conta de tudo sozinho. Se ele tiver um perfil mais dinâmico, isso funciona”, diz.


O consultor do Sebrae afirma ainda que os empresários que administram várias franquias são grandes investidores e empreendedores ao mesmo tempo. “Esses franqueados identificam oportunidades, avaliam sua viabilidade, investem recursos e correm atrás de resultados, que são características básicas de empreendedores”, diz.

veja também