MENU

Alimentos e roupas impulsionam alta da inflação medida pelo IPC-S

Alimentos e roupas impulsionam alta da inflação medida pelo IPC-S

Atualizado: Terça-feira, 16 Março de 2010 as 12

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal da semana encerrada na segunda-feira (15) avançou 0,05 ponto percentual e ficou em 0,93%.

Segundo divulgou a Fundação Getúlio Vargas nesta terça-feira (16), Alimentos e Vestuário responderam pela aceleração do indicador.

No grupo Alimentação, cuja taxa passou de 1,95% para 2,42%, foram os alimentos in natura os principais "vilões" dos preços: Hortaliças e Legumes (8,19% para 10,69%) e Frutas (2,84% para 3,36%).

Já no grupo Vestuário, por conta da chegada da coleção outono-inverno, a variação média do item Roupas, passou de -1,14% para -0,36%.

Por outro lado, os preços subiram menos que na semana passada em grupos como Transportes (1,38% para 0,79%), Habitação (0,34% para 0,30%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,47% para 0,39%), Educação, Leitura e Recreação (0,07% para -0,02%) e Despesas Diversas (0,42% para 0,20%).

De acordo com a FGV, destacaram-se os seguintes itens: Tarifa de Ônibus Urbano (1,89% para 1,25%), Empregados Domésticos (2,18% para 1,88%), Hospitais e Laboratórios (0,32% para 0,11%), Cursos não Formais (0,97% para 0,83%) e Mensalidade para TV por Assinatura (1,48% para 0,09%). 

veja também