MENU

América Latina deve aprender com erros de países, diz FMI

América Latina deve aprender com erros de países, diz FMI

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 8:41

A América Latina deve aprender com os erros cometidos por países como Irlanda e Grécia, e cuidar para que seu forte crescimento seja acompanhado por um aumento da produtividade, disse nesta quarta-feira o diretor-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn.

"Há lições" nas crises sofridas por Irlanda e Grécia, disse Strauss-Khan a imprensa no Uruguai.

Strauss-Kahn explicou que na última década o incremento médio dos salários nos países da UE (União Europeia) foi de 35%, exceto na Alemanha, 17%, o que explica seu forte aumento de produtividade e de exportações.

Do outro lado, Grécia e Irlanda tiveram um crescimento de salários em torno de 100%, "errando ao conceder muito rápido além do que podiam".

"O crescimento deve beneficiar a todos, mas tem que vir acompanhado de um aumento da produtividade, e quando isto não ocorre, você pode resistir por um, dois, ou até cinco anos, mas depois terá que corrigir de forma dramática e muito mais dolorosa do que imagina".

"Países com um rápido crescimento como na América Latina, e diria o mesmo da Ásia, precisam se preparar para o ritmo correto, sem velocidade excessiva, sem comer muito no primeiro dia para não ficar com fome no segundo", advertiu.

veja também