MENU

Após 9 meses de alta, taxa média do cheque especial recua, diz Procon

Após 9 meses de alta, taxa média do cheque especial recua, diz Procon

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 10:52

Em outubro, a taxa média de empréstimo pessoal registrou queda, segundo aponta pesquisa da Fundação Procon divulgada nesta segunda-feira (24). O recuo ocorreu pelo segundo mês seguido, de acordo com o levantamento.

A taxa média do empréstimo pessoal nos bancos pesquisados foi de 5,85% ao mês, contra 5,86% ao mês apurada em setembro.   As quedas verificadas nas taxas de empréstimo pessoal foram: Banco do Brasil (de 5,39% para 5,35% ao mês); Bradesco (de 6,37% para 6,33% ao mês). Os demais bancos mantiveram suas taxas.

A taxa média do cheque especial seguiu o mesmo comportamento e mostrou a primeira queda após nove meses de alta.

Em outubro, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 9,55% ao mês, abaixo da do mês anterior, que foi de 9,57% ao mês.

As quedas verificadas nas taxas de cheque especial foram: Banco do Brasil (de 8,49% para 8,45% ao mês); Bradesco (de 8,95% para 8,93% ao mês); Caixa Econômica Federal (de 8,27% para 8,20% ao mês. Os demais bancos mantiveram suas taxas de cheque especial.

A pesquisa de taxas de juros foi efetuada por técnicos da Fundação Procon-SP no dia 18 de outubro e envolveu as seguintes instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.          

veja também