MENU

Arezzo faz pedido para IPO na Bovespa

Arezzo faz pedido para IPO na Bovespa

Atualizado: Sexta-feira, 10 Dezembro de 2010 as 9:01

A fabricante de calçados Arezzo entrou com pedido para Oferta Pública Inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A empresa, que se diz líder no setor varejista de calçados femininos no Brasil, tem seus produtos comercializados por 260 franquias, sendo 253 no Brasil e sete no exterior, além de ter 27 lojas próprias. Ainda, suas marcas estão presentes em mais de 1.600 lojas multimarcas no país.

A Arezzo pretende realizar uma oferta primária (ações novas), cujos recursos irão reforçar o caixa da companhia, e secundária (papéis já existentes) dos atuais sócios. Detalhes da operação --como quantidade de ações e cronograma-- ainda não estavam disponíveis no prospecto preliminar encaminhado à CVM.

De janeiro a setembro deste ano, a Arezzo teve receita líquida de 395,5 milhões de reais, alta de 47,4 por cento sobre igual período do ano passado. O Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- totalizou 64,5 milhões de reais no período, mais de 50 por cento acima do resultado um ano antes.

O lucro líquido da Arezzo em 2010 até setembro foi de 43 milhões de reais, crescimento de 67,3 por cento.

O pedido de registro do IPO da Arezzo acontece um dia após outra fabricante de calçados ter manifestado intenção de realizar uma oferta de ações. A Vulcabras Azaleia, que já tem ações na Bovespa, pretende captar recursos por meio da venda de novos papéis para ampliar suas fábricas e fazer eventuais aquisições, entre outras coisas.

Agora são 11 empresas com pedido de ofertas de ações em análise pela CVM. Do total, seis são de companhias que não estão na bolsa: Autometal, DrogaRaia, Desenvix Energias Renováveis, Qgep Participações e Sonae Sierra Brasil, além da Arezzo.

O coordenador-líder da oferta da Arezzo é o Itaú BBA. A operação conta com apoio dos bancos Credit Suisse e Bank of America Merrill Lynch.

veja também