MENU

Bilionários da Índia ficam mais pobres, diz revista Forbes

Bilionários da Índia ficam mais pobres, diz revista Forbes

Atualizado: Quinta-feira, 27 Outubro de 2011 as 2:17

Os mais ricos da Índia estão ficando mais pobres, de acordo com ranking da revista Forbes, já que a queda no preço das ações, escândalos de corrupção na terceira maior economia da Ásia e a desaceleração global eliminaram 20% do valor total dos 100 mais ricos do país no ano passado.

Mukesh Ambani, presidente da Reliance Industries, a empresa mais valiosa da Índia,

manteve a primeira posição (Foto: AFP) Mukesh Ambani, presidente da Reliance Industries, a empresa mais valiosa da Índia, manteve a primeira posição com uma fortuna de US$ 22,6 bilhões, apesar de ter visto seu patrimônio líquido cair US$ 4,4 bilhões.

O maior perdedor da lista foi o irmão caçula de Ambani, Anil, cujo patrimônio líquido caiu para US$ 5,9 bilhões, de US$ 13,3 bilhões.

A riqueza combinada dos 100 mais ricos da Índia caiu para US$ 241 bilhões em 2011, segundo a lista da Forbes Ricos da Índia, que inclui 57 bilionários, 12 a menos em relação ao ano anterior.

"Este foi um ano turbulento para os mais ricos da Índia", afirmou Naazneen Karmali, editor da Forbes Asia na Índia. "Apesar do crescimento de cerca de 8% da economia, uma série de escândalos de corrupção e o aumento da inflação pesaram".

A economia com segundo crescimento mais rápido do mundo depois da China cresceu apenas 7,7% nos três meses até junho, o ritmo mais fraco em 18 meses, e o principal índice da Bolsa de Mumbai já caiu 16% desde janeiro.

A Índia elevou sua taxa de juros 13 vezes em 19 meses, prejudicando a demanda por itens caros e tornando mais dispendioso para as empresas levantar capital.

Mukesh Ambani lidera a lista dos 10 mais ricos dominada por magnatas industriais, incluindo o presidente do conselho da ArcelorMittal, Lakshmi Mittal, que ficou em segundo com um patrimônio líquido avaliado em US$ 19,2 bilhões.

Os barões de energia e metais Shashi e Ravi Ruia ficaram em quarto lugar, com um patrimônio combinado de US$ 10,2 bilhões.

Muitas empresas se beneficiaram dos planos da Índia de gastar US$ 1 trilhão em cinco anos, até 2017, para melhorar sua infraestrutura, vista como uma barreira para o crescimento econômico contínuo.

A mulher mais rica da Índia

Savitri Jindal, presidente da Jindal Steel and Power Ltd, é a mulher mais rica da Índia, aparecendo em quinto lugar na lista da Forbes com uma fortuna avaliada em US$ 9,5 bilhões. Apenas cinco mulheres aparecem na lista dos 100 mais ricos do país.        

veja também