MENU

Bolsas asiáticas caem com aumento das tensões entre as Coreias

Bolsas asiáticas caem com aumento das tensões entre as Coreias

Atualizado: Sexta-feira, 26 Novembro de 2010 as 8:51

Coreia do Norte diz que agirá sem vacilação se vizinho do sul fizer "imprudentes provocações militares" O clima entre as Coreias do Norte e do Sul voltou a esquentar nesta sexta-feira, levando as bolsas asiáticas novamente ao vermelho. A dois dias da realização dos exercícios militares pela Coreia do Sul e os Estados Unidos, a Coreia do Norte divulgou, por meio da agência estatal de notícia KCNA, um comunicado no qual afirma que se os sul-coreanos fizerem "imprudentes provocações militares", o exercício norte-coreano agirá "sem vacilação".

Em Seul, o índice Kospi recuou 1,34%, para 1.901,80 pontos, com as ações da Hyundai recuando 1,41% e as da LG perdendo 0,94%. Na bolsa de Tóquio, o Nikkei 225, teve queda de 0,40%, aos 10.039,60 pontos, puxado pelos papéis da Nissan (-1,51%), da Hitachi (-1,45%) e da Toyota (-0,45). Os negócios também foram impactados pelo feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, que reduziu a participação dos estrangeiros.

Na China, os temores de novos apertos monetários para frear a inflação voltaram a impactar as operações. O Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, caiu 0,92%, para 2.871,70 pontos, enquanto em Hong Kong, o índice Kang Seng cedeu 0,77%, marcando 22.877,20 pontos. No mercado de Taipé, o Taiwan Taiex teve desvalorização de 0,45%, aos 8.312,15 pontos.

Já em Sydney, o S&P/ASX 200 caminhou em sentido oposto e subiu 0,11%, chegando aos 4.598,30 pontos. As ações da Rio Tinto avançaram 1,34%, seguidas pelas da Newcrest (0,80%) e da BHP Billiton (0,14%).

veja também