MENU

Bolsas asiáticas fecham mistas após dado de inflação da China

Bolsas asiáticas fecham mistas após dado de inflação da China

Atualizado: Terça-feira, 15 Fevereiro de 2011 as 8:26

As bolsas de valores asiáticas encerraram a terça-feira (15) em direções opostas depois que investidores se voltaram para os dados de inflação vindos da China, enquanto o euro recuperou terreno após atingir o nível mais baixo em três semanas na véspera.

Em Londres, os contratos futuros do cobre dispararam para patamar recorde de alta acompanhando a notícia de que os preços ao consumidor chinês ficaram abaixo do esperado em janeiro, minimizando preocupações de que Pequim possa adotar medidas mais agressivas de aperto monetário para controlar a inflação.

Analistas, no entanto, permanecem cautelosos quanto a um acúmulo de pressões de preços na China, afirmando que Pequim pode elevar as taxas de juros ainda mais, considerando os constantes aumentos nos preços dos alimentos.

"Os dados provavelmente reduziram as expectativas de um aperto imediato, embora em linhas gerais isso não altere o fato de que a China ainda está em fase de contenção", disse Etsuko Yamashita, economista-chefe na SMBC.

O índice que reúne as bolsas da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, que interrompeu uma sequência de cinco sessões em queda na segunda-feira, tinha ligeira queda de 0,16% às 7h51 (horário de Brasília), a 467,65 pontos.

Em Xangai, o índice teve ganhos de mais de 1%, enquanto a bolsa de Tóquio subiu 0,2%, e em Taiwan, o mercado se valorizou em 0,42%.

No sentido contrário, Hong Kong encerrou em queda de 0,96% e Cingapura recuou 0,77%. A bolsa de Seul caiu 0,2%. Em Sydney, a bolsa ficou praticamente estável com queda de 0,1%.

veja também