MENU

Bolsas da Europa fecham em queda por preocupação após cúpula da UE

Bolsas da Europa fecham em queda por preocupação após cúpula da UE

Atualizado: Segunda-feira, 12 Dezembro de 2011 as 4:19

As ações europeias apresentaram sua maior queda em três semanas nesta segunda-feira (12), na medida em que investidores receavam que as medidas delineadas na reunião de cúpula da União Europeia (UE) da semana passada para fortalecer a disciplina orçamentária possam ser de valor apenas limitado na resolução da crise da dívida da zona do euro.   "As medidas foram muito positivas, mas o mercado estava procurando uma bala mágica, e isso não aconteceu", disse o adminsitrador de fundos da Invesco Perpetual, Erik Esselink. "É muito perto do fim do ano e não estamos vendo fluxos de entrada. Uma grande parte da comunidade de investimentos não está disposta a assumir novos riscos."

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias caiu 1,86%, para 967 pontos, em um pregão de poucos negócios, e enquanto subiam os custos da Itália e da Espanha para tomar dinheiro emprestado.

Bancos e seguradoras foram as maiores vítimas, tendo tido uma forte escalada nas últimas duas semanas com o otimismo de que a cúpula ofereceria uma solução. O índice STOXX Europe 600 Banking das ações bancárias caiu 3,7%.

Em Londres, o índice Financial Times caiu 1,83%, a 5.427 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX baixou 3,36%, para 5.785 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 2,61%, a 3.089 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve queda de 3,79%, para 14.896 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 avançou 3,11%, a 8.381 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 registrou baixa de 2,35%, para 5.416 pontos.        

veja também