MENU

Bolsas da Europa recuam; Lisboa tem desvalorização de mais de 2%

Bolsas da Europa recuam; Lisboa tem desvalorização de mais de 2%

Atualizado: Quarta-feira, 6 Julho de 2011 as 9:37

O rebaixamento do rating de Portugal e o aumento da taxa de juro na China guiavam, em parte, as operações nas principais bolsas da Europa.

O banco central chinês decidiu ampliar em 0,25 ponto percentual a taxa de depósito e de empréstimo de um ano a partir de amanhã. A medida foi tomada depois de a inflação ter forte avanço em maio e diante da perspectiva de ser ainda maior em junho.

A notícia foi conhecida um dia depois de a agência Moody's cortar em quatro níveis a nota de crédito portuguesa, que ficou em 'Ba2', nível especulativo. Assim como a Grécia, a Moody's acredita que Portugal vai precisar de mais recursos financeiros internacionais.

Na praça de Lisboa, o indicador PSI 20 recuava 2,61%, para 7.157,04 pontos. Em Londres, o FTSE 100 perdia 0,77% e se situava em 5.977,54 pontos. O CAC 40, de Paris, recuava 0,58%, aos 3.955,65 pontos. Em Frankfurt, o DAX diminuía 0,37%, ficando em 7.412,25 pontos.          

veja também