MENU

Bolsas da Ásia sobem por progresso em usina no Japão

Bolsas da Ásia sobem por progresso em usina no Japão

Atualizado: Terça-feira, 22 Março de 2011 as 8:26

As Bolsas de Valores asiáticas fecharam em alta e o mercado japonês avançou mais de 4% nesta terça-feira, com notícias de progresso na estabilização de uma usina nuclear danificada pelo terremoto no Japão, enquanto a alta do iene deixava operadores alertas para mais intervenções de bancos centrais.

O forte fechamento das Bolsas dos Estados Unidos, após a proposta da AT&T para comprar uma unidade da Deutsche Telecom, também deu suporte às ações da Ásia.

"As ações estão se recuperando com a redução do temor nuclear no Japão, com as últimas notícias indicando progresso constante no conserto da usina nuclear", disse Kwak Joong-bo, analista de mercado da Samsung Securities, em Seul.

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 4,4%, fechando perto da máxima do dia.

O Nikkei acumula perda de 6,3% desde o fechamento de 11 de março, quando o nordeste do Japão foi abalado por um terremoto de 9 graus de magnitude e um tsunami de 10 metros de altura. O desastre deixou ao menos 21 mil pessoas mortas ou desaparecidas, e danificou uma usina nuclear.

Às 8h05 (horário de Brasília), o índice das ações da região Ásia-Pacífico, exceto Japão, subia 0,74%, impulsionado pela alta do Dow Jones e do S&P 500 em Nova York.

Os mercados asiáticos com exceção do Japão recuperaram todas as perdas registradas após o terremoto.

Em Hong Kong, o mercado subiu 0,76%, a Bolsa de Taiwan avançou 0,48% e o índice referencial de Xangai ganhou 0,34%. Cingapura encerrou em alta de 0,64%, equanto Sydney fechou quase estável, com um leve ganho de 0,01%.

Grandes bancos centrais do mundo gastaram mais de US$ 30 bilhões para fazer o iene cair abaixo de 80 por dólar, a primeira intervenção coordenada desde 2000. Operadores disseram que o Banco do Japão pode intervir novamente se o dólar voltar a 80 ienes.

veja também