MENU

Bolsas de Tóquio e Sydney fecham em alta; Seul e Xangai declinam

Bolsas de Tóquio e Sydney fecham em alta; Seul e Xangai declinam

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 9:11

Os mercados acionários da Ásia fecharam sem rumo comum, diante das inquietações com os problemas da dívida soberana na Europa. Depois do otimismo de que estaria perto uma solução para a crise europeia, os investidores começaram a colocar em dúvida se tal sentimento não teria sido precipitado.

Em Tóquio, o Nikkei 225 fechou com valorização de 0,07%, aos 8.615,65 pontos. O S&P/ASX 200, de Sydney, registrou elevação de 0,87%, para 4.039,50 pontos.

Em sentido contrário, o Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,66%, somando 18.011,06 pontos. O Kospi, de Seul, recuou 0,73%, ficando em 1.723,09 pontos. O Shanghai Composite, da praça de Xangai, cedeu 1,19%, se situando em 2.392,06 pontos.

Ontem, o premiê grego George Papandreou esteve em Berlim para conversar com a chanceler alemã Angela Merkel. Ele reforçou que seu país vai cumprir com os compromissos assumidos em troca do socorro financeiro de parceiros europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI) e destacou que é importante que os sócios europeus enviem sinais de apoio.

Ainda nesta semana, a delegação de inspetores do Fundo, do Banco Central Europeu (BCE) e da Comissão Europeia (CE) devem voltar a Atenas para continuar a revisão do programa do governo da Grécia.          

veja também