MENU

Bovespa abre semana em alta

Bovespa abre semana em alta

Atualizado: Segunda-feira, 13 Julho de 2009 as 12

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu a semana em alta. Às 10h16, o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, subia 0,23%, aos 49.332 pontos.

No mercado americano a expectativa é de baixa, onde os futuros de Dow Jones e S & P 500 oscilavam em território negativo. Os agentes mantêm uma postura cautelosa ante uma semana carregada em termos de dados econômicos e balanços corporativos.

A segunda-feira não tem agenda significativa, mas, a partir da terça, 14 de julho, os investidores aguardam índices de preços no atacado e varejo, vendas no comércio e produção industrial. Pelo lado corporativo, foco nos resultados Goldman Sachs, JP Morgan, Citigroup e Bank of America (BofA). Também estão na lista os números da Intel, Johnson & Johnson, Google, Nokia e General Electric (GE).

Entre as commodities, o petróleo ensaiava alta, voltando à linha dos US$ 60 o barril de WTI.

Na Europa, os índices reverteram as perdas do começo do pregão. Há pouco, o FTSE-100, de Londres, subia 0,67%, já o Xetra-DAX, de Frankfurt, valorizava 0,94%.

Na Ásia, a segunda-feira foi de perdas acentuadas. Tóquio caiu 2,55%. Seul perdeu 3,53%. Na China, Hong Kong e Xangai desvalorizaram 2,56% e 1,07%, respectivamente.

Semana passada

Na sexta-feira, 10 de julho, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em leve alta, mas não conseguiu nem compensar as perdas registradas no início da semana e nem retomar o patamar de 50 mil pontos. No fim do dia, o índice Ibovespa marcou alta de 0,09%, para 49.220 pontos.

Na semana, as perdas acumuladas da Bovespa foram de 3,36% em relação aos 50.934 pontos de sexta-feira da semana passada, dia 3. Desde o início de julho, a desvalorização do índice-referência para o mercado nacional marca 4,36%. Em relação ao pico de valorizaçao do ano (54.486 pontos, em 1º de junho), a retração é de 9,66%.

O dia da Bovespa foi de volume de negócios discreto, bem abaixo da média registrada nas últimas semanas. O total financeiro nesta sexta-feira ficou pouco abaixo de R$ 3,6 bilhões. Entre as "blue chips", a Petrobras registrou alta, enquanto a mineradora Vale registrou leve baixa no dia.

veja também