MENU

Bovespa fechou a teça-feira em alta; ações do Panamericano disparam

Bovespa fechou a teça-feira em alta; ações do Panamericano disparam

Atualizado: Quarta-feira, 2 Fevereiro de 2011 as 9:54

Depois de quatro quedas seguidas, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta nesta terça-feira (1º).

O Ibovespa subiu 1,91% no primeiro pregão de fevereiro, fechando aos 67.847 pontos. O volume financeiro atingiu R$ 6,36 bilhões.

Embora não faça parte da carteira do Ibovespa, um dos destaques do pregão foram as ações do Panamericano, um dia após o anúncio da venda do banco para o BTG Pactual. Os papeis PN subiram 22,54% nesta terça-feira, a R$ 5,22. Esta foi a maior alta do dia.

Apesar da forte alta deste pregão, as ações do Pananmericano ainda não recuperaram o valor que tinham antes da crise da instituição. De acordo com dados da consultoria Economatica, em 8 de novembro de 2010 - um dia antes do anúncio do rombo de R$ 2,5 bilhões - as ações do Panamericano valiam R$ 7,26.

Dentro do Ibovespa, as maiores altas ficaram com os papeis ligados à construção civil. MRV ON subiu 6,67%, a R$ 15,04; Rossi Residencial ON teve alta de 4,88%, a R$ 13,75; e PDG Realty se valorizou em 4,88% também, a R$ 9,67.

Na outra ponta, as principais quedas ficaram com os papeis da Redecard ON, em baixa de 2,67%, a R$ 20,05. Os papeis do Pão de Açúcar-CDB PNA recuaram 1,78%, a R$ 61,66; e as ações da Cielo ON caíram 0,97%, a R$ 12,25.

veja também