MENU

Bovespa opera em queda na contramão do mercado externo

Bovespa opera em queda na contramão do mercado externo

Atualizado: Segunda-feira, 2 Maio de 2011 as 11:25

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda nesta segunda-feira (2), na contramão do mercado externo. Às 10h45, o IBovespa, principal indicador da bolsa paulista, caía 0,40%, aos 65.871 pontos.

A operação dos mercados financeiros nesta abertura do mês de maio deve ficar voltada ao Oriente Médio. A morte de Osama Bin Laden, fundador e líder da rede terrorista Al-Qaeda, quase dez anos depois dos ataques aos Estados Unidos, está repercutindo em alta das bolsas mundiais e queda dos preços das commodities, com destaque para o petróleo.

Na sexta-feira passada, o Ibovespa subiu 0,70%, para 66.132 pontos. O giro financeiro atingiu R$ 6,7 bilhões. Na semana, contudo, o índice recuou 1,4%. Em abril, a bolsa nacional também teve queda de 3,58% e, em 2011, já cede 4,58%.

Em Wall Street, o índice Dow Jones avançou 0,37% no pregão passado, enquanto o Nasdaq ganhou 0,04% e o S&P 500 subiu 0,23%. Na semana, o Dow Jones avançou 2,4%, enquanto o S&P 500 ganhou 2%, assim como, em abril, o Dow Jones subiu 4% e o S&P 500 ganhou 2,9%.

Neste pregão, os investidores se deparam com uma agenda de poucos indicadores econômicos nos Estados Unidos, porém relevantes. Serão divulgados o índice de atividade do setor industrial referente a abril e os dados de gastos com construção de março.

Na China, indicador da Federação de Logística e Compra mostrou que a atividade manufatureira do país reduziu o ritmo de expansão em abril, ao atingir 52,9% no período, após registrar 53,4% em março. Apesar da desaceleração, o índice permaneceu acima de 50%, que expressa crescimento.

Na Ásia, as bolsas fecharam os negócios no campo positivo, depois que o governo americano confirmou a morte de Bin Laden. Em Tóquio, o índice Nikkei 225 subiu 1,57% e, em Seul, o Kospi registrou valorização de 1,67%. As bolsas de Xangai, Hong Kong e Taipé ficaram fechadas devido a feriado.        

veja também